CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A NOITE AVELOU EM ESCURIDÃO FUNDA …

A noite avelou em escuridão funda.

Agonia que se tornou tão profunda
que afogou todas as fantasias.

As entrelinhas,
desentrelinharam-se das palavras.

A poesia parou,
sepultou-se em covas insanas,

adormeceu no colo
de insónias silenciosas.

O amor perdeu-se
pelas florestas da alma.

Os sonhos,
são agora arestas indobráveis.

Da paixão,
as chamas arderam até ao último grito.

O pensamento,
povoa o vento que abriga as folhas

pelo chão,

como estagnadas lágrimas que o passado bebeu.

As memórias,
embarcaram em barcos de esquecimento,

abraçaram o infinito
e nunca mais voltaram a ser um momento …

.
.
.
.

Submited by

sábado, janeiro 26, 2013 - 00:33

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 1 semana
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Amor ATÉ QUE A MORTE NOS SEPARE 8 492 09/18/2010 - 13:19 Português
Poesia/Meditação O SILÊNCIO É PERFEITO 7 335 03/14/2010 - 14:49 Português
Poesia/Amor PRIMAZIA DOS TEUS OLHOS 7 839 04/23/2012 - 01:02 Português
Poesia/Fantasia VERACIDADE VER A CIDADE COM FLORES 7 942 03/23/2010 - 19:50 Português
Poesia/Comédia HUMOR @_@ 7 470 05/20/2012 - 18:12 Português
Poesia/Paixão ENTRE LENÇÓIS DE MEL 7 758 05/20/2012 - 01:21 Português
Poesia/Amor SEMENTE DE UTOPIAS 7 581 05/20/2012 - 18:13 Português
Poesia/Amor ÁPÍCES DE CUMPLICIDADE 7 238 05/20/2012 - 01:31 Português
Poesia/Desilusão CAIXÃO 7 766 06/18/2009 - 22:35 Português
Poesia/Tristeza RECHEIO INCOMPLETO 7 409 05/25/2012 - 00:52 Português
Poesia/Meditação SE O TEMPO CURA TUDO: 7 508 07/22/2009 - 11:07 Português
Poesia/Tristeza MORRERAM MEUS POEMAS 7 503 08/28/2009 - 20:36 Português
Poesia/Meditação DESTINO QUE NÃO PÁRA DE ACONTECER 7 564 09/20/2009 - 17:20 Português
Poesia/Dedicado DEDICADO A UMA MULHER 7 860 09/20/2009 - 17:22 Português
Poesia/Meditação ENGANOS DE AMAR, ESPINHOS 7 1.282 11/30/2009 - 13:36 Português
Poesia/Amor ÉS CHAVE NO MEU ACONTECER 7 581 11/29/2009 - 21:19 Português
Poesia/Tristeza SEM ONDE NEM QUANDO 7 284 11/29/2009 - 21:22 Português
Poesia/Amor TIME OF LOVE 7 1.751 12/04/2009 - 22:26 Português
Poesia/Aforismo O DESTINO É UM MOINHO: 7 581 12/16/2009 - 21:30 Português
Poesia/Geral O POETA É UM SER MIL 7 509 01/19/2010 - 19:23 Português
Poesia/Amor ZODÍACO DE AMOR 7 635 02/08/2010 - 20:12 Português
Poesia/Amor ÉS A CAPITAL DAS FLORES 7 362 02/07/2010 - 23:08 Português
Poesia/Gótico SATÂNICA MENTE 7 858 03/18/2010 - 03:26 Português
Poesia/Pensamentos INQUIETANTE SUPERFÍCIE DO ÍNTIMO 7 935 08/01/2010 - 19:38 Português
Poesia/Haikai DESTINO SEM RABO 7 481 04/30/2010 - 11:15 Português