CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A NOITE AVELOU EM ESCURIDÃO FUNDA …

A noite avelou em escuridão funda.

Agonia que se tornou tão profunda
que afogou todas as fantasias.

As entrelinhas,
desentrelinharam-se das palavras.

A poesia parou,
sepultou-se em covas insanas,

adormeceu no colo
de insónias silenciosas.

O amor perdeu-se
pelas florestas da alma.

Os sonhos,
são agora arestas indobráveis.

Da paixão,
as chamas arderam até ao último grito.

O pensamento,
povoa o vento que abriga as folhas

pelo chão,

como estagnadas lágrimas que o passado bebeu.

As memórias,
embarcaram em barcos de esquecimento,

abraçaram o infinito
e nunca mais voltaram a ser um momento …

.
.
.
.

Submited by

sábado, janeiro 26, 2013 - 01:33

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 5 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos SORRATEIRAMENTE 0 924 01/09/2015 - 20:33 Português
Poesia/Pensamentos SOVA DE ALGURES 0 575 01/10/2015 - 20:55 Português
Poesia/Pensamentos GRITO QUE AS MÃOS ACENAM NO ADEUS 0 656 01/11/2015 - 00:07 Português
Poesia/Pensamentos CHOCALHO DE SAUDADE 0 541 01/11/2015 - 17:30 Português
Poesia/Aforismo Pior do que morrer, é não ressuscitar... 0 981 01/11/2015 - 23:04 Português
Poesia/Aforismo SEM AUSÊNCIA 0 805 01/12/2015 - 18:03 Português
Poesia/Pensamentos QUE VIDA ME MATA DE TANTO VIVER 0 577 01/12/2015 - 21:18 Português
Poesia/Pensamentos CALMA 0 816 01/13/2015 - 14:13 Português
Poesia/Pensamentos DESTRUIÇÃO 0 487 01/13/2015 - 21:56 Português
Poesia/Aforismo BEM VISTO 0 1.987 01/15/2015 - 15:36 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.659 01/16/2015 - 20:47 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.752 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.425 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.388 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.463 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.558 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.917 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.749 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.743 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.870 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.160 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 2.820 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.628 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.362 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.249 01/29/2015 - 22:55 Português