CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Novamente tu

Com cabelo solto e encaracolado
De beleza pura e mortal
Viva nesses sonhos amados
Por mim, eu teu escravo vital

Ou mesmo eterno
Por entre fantasias minhas
Fazes-me perguntar as linhas deste caderno
Até que ponto me espias

Nessas imaginções obcecantes
Em que estas sempre presente
Para promovores a mesma dor marcante
E o mesmo não de sempre

O não de que não estas
De que não sei se um dia estaras
Para me sentir em paz
Nem mesmo sei se voltaraz

A cruzar com o meu olhar
De forma real e não imaginária
Para talvez dizeres-me um óla
Com tua voz extraordinária

Novamente tu
De sorriso único
Novamente tu
Meu amor do passado

Submited by

terça-feira, dezembro 21, 2010 - 04:16

Poesia :

No votes yet

HaiderChaby

imagem de HaiderChaby
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 2 semanas
Membro desde: 05/08/2009
Conteúdos:
Pontos: 1406

Comentários

imagem de Mefistus

Saudades de te ler

Saudades imensas de te ler e desse teu jeito unico de poetar.

Reafirmo a minha vontade em te ler e constato o quanto tens evoluido.

 

O regresso do temor do poeta, numa Diva de cabelos encaracolados. Sublinho:

Novamente tu
De sorriso único
Novamente tu
Meu amor do passado

 

Gostei bastante Haider!

imagem de HaiderChaby

grande mefitus, obrigado pela

grande mefitus, obrigado pela atençao e o carinho. abraço forte

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of HaiderChaby

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Paixão Conheço 1 403 03/22/2010 - 16:41 Português
Poesia/Tristeza Amo esse tempo 2 468 03/16/2010 - 17:39 Português
Poesia/Aforismo 2 704 03/16/2010 - 17:38 Português
Poesia/Amor Perfume 2 522 03/16/2010 - 17:37 Português
Poesia/Amor se isto for um erro 3 355 03/12/2010 - 18:30 Português
Poesia/Amor Invençoes de amor 3 221 03/12/2010 - 18:29 Português
Poesia/Aforismo Poeta é o que eu sou 5 560 03/12/2010 - 17:26 Português
Poesia/Geral os teus olhos sao nitidos demais 4 310 03/12/2010 - 17:26 Português
Poesia/Tristeza A inocencia das tuas palavras 3 326 03/09/2010 - 12:16 Português
Poesia/Amor Sim 1 279 03/09/2010 - 11:50 Português
Poesia/Paixão Teu maior pecado 3 365 03/09/2010 - 01:39 Português
Poesia/Aforismo Favorito depois de morto 1 301 03/08/2010 - 18:18 Português
Poesia/Dedicado existira sempre um fantasma 2 313 03/07/2010 - 03:59 Português
Poesia/Amor Alice 2 381 03/07/2010 - 03:20 Português
Poesia/Amor Eu nao posso 1 400 03/07/2010 - 02:58 Português
Poesia/Aforismo é bom saber 1 483 03/07/2010 - 02:58 Português
Poesia/Paixão Inesquecivel 1 515 03/06/2010 - 22:14 Português
Poesia/Erótico Como é bom sonhar 2 520 03/06/2010 - 14:46 Português
Poesia/Amizade Nao sei como sei apenas sei 1 396 03/06/2010 - 14:45 Português
Poesia/Dedicado Imaginaçao ou realidade 1 428 03/06/2010 - 14:24 Português
Poesia/Soneto Hoje eu vou falar poesia 1 550 03/06/2010 - 02:41 Português
Poesia/Dedicado Quem foi que disse que homem grande nao chora 3 734 03/06/2010 - 02:40 Português
Poesia/Fantasia luar do meu vento 1 568 03/06/2010 - 02:40 Português
Poesia/Meditação Reflexo invisivel 7 448 01/27/2010 - 18:22 Português
Poesia/Dedicado Uma carta para ti 5 273 01/27/2010 - 18:20 Português