CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

NUVENS PRETAS

 

Nuvens pretas

 

 

Nuvens brancas não choram,

São as de cor preta que brotam,

Água para a terra beber,

Para que tudo possa crescer,

As lágrimas que deitam são vida,

Nenhuma das suas gotas é perdida.

 

As nuvens deitam as lágrimas ao chão,

Que da terra para o céu vão,

Nada se paga pela água que deitam,

E às vezes ainda reclamam e rejeitam,

Sem pensar que água é vida a crescer,

E sem ela ninguém pode viver.

 

Toda a gente gosta de ver nuvens brancas,

Entre o céu azul e são tantas,

E ninguém gosta das nuvens pretas,

E da água que brota das suas tetas,

Sem pensar que sem elas a vida não cresce,

E das nuvens pretas toda a gente se aborrece.

 

Benditas as nuvens pretas que dão água,

Sem sentirem qualquer mágoa,

Oferecem-na alegremente chorando,

As nuvens pretas que no céu vão voando,

E quando não dão lágrimas por muito tempo,

Toda a gente se aflige com lamento.

 

Se um dia as nuvens pretas se fossem embora,

Sentiriam a sua falta a toda a hora,

Pedindo a Deus que as mandasse de volta a chorar,

Para toda gente viver sem se queixar,

Quando desaparecem a sua falta sentem,

E quando as vêem das suas lágrimas se aborrecem.

 

Pensem nas nuvens pretas com alegria,

São feias mas fazem viver de noite ou de dia,

Amem as nuvens pretas e que nunca faltem,

No céu, pedindo a Deus para que chorem,

Para darem vida a toda a gente sem exceção,

Para que tudo cresça o que é semeado no chão.

 

 

 

Tavira, 25 de Setembro de 2012-Estêvão

 

Submited by

quarta-feira, fevereiro 17, 2016 - 11:23

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 semanas 6 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 357 02/24/2019 - 17:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 263 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 233 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 694 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 935 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 918 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 750 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.039 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.128 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 531 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 638 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 726 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 671 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 716 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 820 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 636 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 738 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 570 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 650 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 694 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 733 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.471 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.275 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 747 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 634 12/07/2016 - 12:01 Português