CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O AMOR É CEGO

O amor é cego

 

 

Quando o amor é cego,

Ele espeta como um prego,

Anda sempre com um martelo,

Batendo em tudo o que é belo,

Tudo lhe parece desconfiado,

Julgando que é atraiçoado,

Por outros amores que não quer,

Só o seu é que pode ver,

O seu amor fazer de bobo,

Dos outros é um gozo,

Mas ele não vê, é cego,

Em tudo espeta um prego,

Até na sua própria mão,

E até no seu coração,

Depois chora de amor,

É um ciúme cheio de dor,

Quer o amor que é seu,

Mas o amor já perdeu,

Por ser cego e não ver,

O seu amor que vai perder,

Vai vivendo obcecado,

Por ser tão dedicado,

A liberdade é só sua,

Julga que é seu dono,

E um rei no seu trono,

Por ser cego e não pensar,

Que assim não se pode amar,

Mas pensa que é sempre doce,

Mas é amargo, faz doer,

Ele vê mas não quer ver

Este amor está de partida,

Sua doçura só atrai formiga,

E cego continuará sempre,

Não é nada, não é gente,

É um sentimento negro,

Vai ao fundo como um prego,

Por ser cego nada vê,

E nunca sabe porquê.

 

 

Tavira, 20 de Junho de 2012-Estêvão

Submited by

quarta-feira, setembro 30, 2015 - 09:04

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 semanas 5 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 321 02/24/2019 - 16:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 215 12/14/2018 - 10:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 192 09/28/2018 - 14:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 655 03/21/2018 - 15:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 907 09/04/2017 - 09:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 879 07/17/2017 - 09:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 719 06/07/2017 - 08:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.021 05/24/2017 - 10:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.105 05/24/2017 - 09:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 503 05/09/2017 - 15:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 576 04/21/2017 - 10:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 707 03/26/2017 - 19:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 627 03/24/2017 - 11:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 675 03/13/2017 - 14:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 788 02/22/2017 - 10:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 585 02/08/2017 - 10:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 711 02/01/2017 - 10:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 523 01/26/2017 - 10:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 624 01/26/2017 - 10:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 670 01/11/2017 - 09:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 697 01/04/2017 - 11:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.422 12/21/2016 - 09:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.244 12/15/2016 - 13:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 727 12/07/2016 - 11:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 590 12/07/2016 - 11:01 Português