CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Amor Que Eu Perdi e os Amores Que Se Perderam

ALL RIGHTS RESERVED.

Eu perdi um amor.
Na verdade eu perdi a única pessoa
Que eu amei de verdade.
Ele era americano,
Parecia um príncipe,era magro,alto,loiro,olhos azuis.
Ele sorria pra mim e realmente eu sentia nele
O olhar e a presença de um anjo celestial.
Ele sentou-se ao meu lado nas escadas
Naquela linda manhã de verão
Demonstrando se sentir feliz com minha companhia.
Parecia que nunca acabaria.
Com ele eu podia sentir a paz da eternidade!
Mas era um amor impossível!
Tudo acabou quando ele voltou aos Estados Unidos
E se casou com uma linda americana.
Até recebi o convite do casamento
E a foto dos dois juntos,sorrindo na grama.
Quando o correio entregou esse convite
Na minha casa pobre e feia,
O meu pobre corpo de moça de catorze anos de idade
Tremeu por dentro.
Tremi como jamais havia tremido,
E as lágrimas correram pelo meu rosto maltratado,
Até pensei que morreria naquela hora.
Infelizmente naquele dia eu descobri que eu o amava.
E tal qual os terríveis furacões devastam as cidades,
Essa perda e desamor destruíram
Toda a minha adolescência junto com a depressão
Que jamais saiu da minha cabeça.
Cada dia que existia para mim
Era só mais um motivo pra chorar.
O tempo passou,eu terminei o colegial mas não tive amigos.
Nunca me senti normal.
Eu chorava sozinha escondia no banheiro.
Fiquei doente,fui pro hospital,
Passei por duas cirurgias na coluna.

Sem que eu esperasse
A vida preparou para mim mais uma crueldade.
Eu pensava que nunca mais alguém
Despertaria o amor dentro do meu coração.
Conheci um rapaz,era lindo,
Ele até me disse "Eu te amo".
Ele me entendia e gostava de tudo que eu escrevia.
Ele inspirou os meus versos.
Vivemos lindos momentos.
Ele me consolou.
Eu o consolei,choramos juntos,nos abraçamos
Com o mais puro abraço que une as almas,
Nós quase nos beijamos!
E de repente eu descobri
Que eu estava amando alguém outra vez.
Mas novamente esse também era outro amor impossível.
Impossível por quê?
Para a minha desgraça ele era homossexual!
Eu sempre soube disso,e ele nunca me prometeu nada,
Mas eu tinha esperança de que ele mudasse.
Eu tinha a esperança de conseguir
Transformá-lo completamente
E fazer com que ele sentisse por mim
O mesmo amor que eu sentia por ele.
E eu quase consegui.
Eu quase consegui o que eu tanto desejava.
Mas a força do azar foi mais forte.
E esse rapaz se afastou de mim.
Ele disse que não conseguiria
E simplesmente desistiu do nosso amor.
Ele sofreu,eu sofri.
Ele preferiu seguir outro caminho.E seguiu.
Ele se perdeu!Ele se perdeu com o tempo,com o vento.
Ele se perdeu no caminho do vício,do cigarro,
Da bebida alcoólica,hoje ele só anda com quem não presta.
Ele não é mais o mesmo.
Ele está acabado,até mais do que eu,
Ele encheu o rosto de piercing,
Ele prefere o vício do que a minha companhia!
Ele até foi espancado por uma gangue de neonazistas
Na rua de madrugada.
Com certeza ela estava em um lugar que não prestava.
Confesso que senti vontade de dizer bem alto
"Bem feito!Ele mereceu as pancadas!"
Mas no fim fiquei ainda mais triste e pensei:
Se ele estivesse do meu lado
Isso não teria acontecido.
Hoje encontrar com ele
Para mim é pior do que encontrar um gato preto
Na noite de sexta-feira 13!
O rapaz que eu tanto amava simplesmente morreu!
Ele não existe mais.
Foi só mais uma crueldade do destino na minha vida.
Fiquei perturbada e ainda mais neurótica.

Mais uma vez o tempo passou,conheci outro rapaz.
A gente dançou, a gente saiu,a gente flertou,a gente curtiu.
Ele até escreveu uma carta pra mim e eu me animei.
Não,eu não o amei,mas confesso
Que eu tinha a esperança de que tudo desse certo,
E quem sabe ele quisesse ficar comigo.
Embora eu não o amasse,eu gostava dele.
O abraço dele me acalmava,me consolava.
Mas de repente ele apareceu com outra namorada.
E eu não entendi nada.
Ela era uma moça que ele conhecia a tão pouco tempo!
Foi mais uma facada no meu coração!
Novamente eu experimentei a dor da rejeição.

Mas no fundo eu sei que eles nunca me amaram.
Se eu morresse hoje
Tenho certeza que nenhum deles iria no meu velório.
Vai ver que eu também nunca os amei de verdade.

Agora para mim todos eles estão mortos,
Estão mortos e enterrados no cemitério da minha alma.
Nunca fui tão infeliz quanto sou agora.
O mundo está sendo destruído pelo ser humano
Com a poluição e a destruição dos animais
E eu nem tive a chance de contemplar
Os pássaros e as estrelas ( respirando ar puro)
Ao lado de quem eu tanto amava.

Agora sou apenas um ser que existe mas que não vive.
Hoje sou apenas uma jovem de vinte e três anos
Que não sabe nada sobre o seu próprio amanhã.
Pra falar a verdade eu me sinto uma velha,sim,
Eu me sinto uma velha de sessenta anos cansada,
Sozinha e prestes a morrer.
Meu corpo dói,minha alma dói,minha mente não tem paz,
E parece que não vou conseguir respirar mais.

O meu espírito permanece eternamente acorrentado
Pela amargura da eterna solidão.
Mas as coisas são assim mesmo,
Nem todos nasceram para serem felizes.
Eu não perdi somente pessoas,
Eu simplesmente perdi a vontade de amar.

JM JAMILA MAFRA

Submited by

segunda-feira, junho 21, 2010 - 19:49

Poesia :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 30 semanas 2 dias
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6049

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Você Pra Mim 0 634 09/04/2019 - 17:43 Português
Poesia/Desilusão Celebração dos Tolos 0 313 09/04/2019 - 17:34 Português
Poesia/Desilusão Decadência do Terror 0 6.398 09/04/2019 - 17:25 Português
Prosas/Romance Razão de Te Amar (Capítulo 01) na Amazon 0 337 09/04/2019 - 17:19 Português
Fotos/Artes Razão de Te Amar (Ebook Kindle na Amazon) 0 693 08/17/2019 - 19:45 Português
Poesia/Pensamentos Exílio 1 290 07/19/2019 - 15:31 Português
Fotos/Artes Exílio (Ebook Kindle) - Amazon 0 627 07/18/2019 - 00:52 Português
Poesia/Desilusão Outro Céu 0 595 07/07/2019 - 21:01 Português
Poesia/Desilusão A Hora do Adeus 0 1.906 07/07/2019 - 20:58 Português
Poesia/Tristeza Lembrança que Machuca 0 1.210 07/07/2019 - 20:55 Português
Fotos/Arte Digital Nueva York Para Siempre. Tu Amor Es Mi Vida Versión Kindle 0 2.461 07/07/2019 - 20:42 Português
Prosas/Romance AQUELA NOITE EM AUSCHWITZ (na Amazon) 0 484 05/11/2019 - 13:50 Português
Fotos/Artes Um Amor e Um Amigo - Resenha Crítica/ Romance na Amazon 0 754 05/10/2019 - 22:40 Português
Fotos/Artes AQUELA NOITE EM AUSCHWITZ. (EBOOK KINDLE) - AMAZON 0 613 04/28/2019 - 21:39 Português
Fotos/Artes Um Amor e Um Amigo - Romance - Ebook Kindle- na Amazon 0 879 04/28/2019 - 21:35 Português
Poesia/Desilusão Nos Teus Abraços 0 552 04/18/2019 - 04:08 Português
Poesia/Paixão Labirinto da Paixão 0 2.248 04/18/2019 - 03:43 Português
Poesia/Amor Momento Colorido 0 653 04/16/2019 - 22:50 Português
Poesia/Tristeza Um Pesadelo de Papel 0 1.126 02/22/2019 - 21:27 Português
Fotos/Artes Coração de Areia (na Amazon) 0 1.096 02/22/2019 - 21:08 Português
Fotos/Artes AQUELA NOITE EM AUSCHWITZ. (na Amazon) 0 877 02/11/2019 - 01:46 Português
Fotos/Artes Aquela Noite Em Auschwitz (2ª Edição). Dois Amores e a Segunda Guerra Mundial eBook Kindle 0 2.124 01/30/2019 - 20:08 Português
Prosas/Romance Aquela Noite Em Auschwitz (2ª Edição). Dois Amores e a Segunda Guerra Mundial eBook Kindle 0 1.217 01/30/2019 - 20:06 Português
Fotos/Artes FLORES PARA JOSEPH - (na Amazon) Sinopse e Resenha 0 1.424 01/12/2019 - 18:53 Português
Poesia/Desilusão Coração Apagado 0 1.043 01/07/2019 - 22:19 Português