CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O BURRO SOU EU?

O burro sou eu?

 

Chamam – me burro, o nome é meu,

Mas há muitos que eu conheço,

Que não sendo aquilo que eu pareço,

São mais burros do que eu.

 

 

Eu sei que nasci com quatro patas,

Mas conheço outros com duas,

Que andam de pé pelas ruas,

Mas parece que andam de gatas.

 

 

Eu sou burro e carrego outro burro,

Que pensa que é o meu dono,

Eu é que sou seu patrono,

E não zurra como eu zurro.

 

 

O burro que eu carrego,

Não come palha como eu,

Come do trabalho que é meu,

E com o chicote ainda levo.

 

 

Sou burro, é a minha designação,

Também tenho pai e mãe,

Sou burro, tenho coração também,

Mas outros burros julgam que não.

 

 

Antes muitos se serviam de mim,

Como único meio de transporte,

Agora sou um burro com sorte,

Sou raro, mas está prestes o meu fim.

 

 

 

Tavira, 24 de Setembro de 2010 - Estêvão

Submited by

terça-feira, março 5, 2013 - 11:04

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 semanas 6 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Comentários

imagem de deborabenvenuti

O burro sou eu?

Existem muitos burros de duas patas que nem sabem que tem quatro e sempre as usam em momentos incertos.
Abraços

http://colchaderetalhos13.blogspot.com.br

imagem de José Custódio Estêvão

Os burros propriamente ditos,

Os burros propriamente ditos, não nos enganam, são am igos verdadeiros, mas maltratados, mas outros burros que tem duas patas, deviam andar de gatas.

Um abraço
Estêvão

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 357 02/24/2019 - 17:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 262 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 232 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 688 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 935 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 918 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 750 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.039 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.128 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 531 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 638 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 726 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 671 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 715 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 820 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 636 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 737 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 570 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 650 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 694 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 732 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.470 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.275 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 747 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 634 12/07/2016 - 12:01 Português