CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O CÁLICE SONORO

De mil flautas e de mil oboés
Esvoaçaram algumas notas tiranas
Bafejadas por níveas almas humanas
Tão carentes ao doce sabor das marés

Escutem estas divinas súplicas... dos rés
E as dos fás,que são severas e profanas
Ganhem vida e luz em mentes insanas
Onde nem habita a chama fria dos dez

Oiçam o seu revolutear cadente com a palma
Que esta límpida fortuna é de pouca dura
Bebam deste sonoro cálice com a razão da alma

Estas notas são as colunas da harmonia futura
Tão rogadas por heréticos longínquos da calma
E fiéis às garras e feições pardas daquela criatura...

Submited by

domingo, fevereiro 8, 2009 - 01:28

Poesia :

No votes yet

camoes

imagem de camoes
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 anos 9 semanas
Membro desde: 01/15/2009
Conteúdos:
Pontos: 186

Comentários

imagem de Henrique

Re: O CÁLICE SONORO

Um poema bem escrito, gostei!!! :-)

imagem de TiagoDaniel

O CÁLICE SONORO

Esta brutal, continuas sempre a esconder muito o objectivo, mas quem conseguir perceber o significado de cada figura de estilo e de cada vocabulo torná-se evidente o objectivo do soneto.Abraços..
Tiago Daniel 4_4ever

imagem de KeilaPatricia

Re: O CÁLICE SONORO

Parabens... aplausos......gostei

bjs

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of camoes

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral O rotineiro poema 2 632 05/23/2011 - 14:55 Português
Videos/Perfil 227 0 577 11/24/2010 - 22:51 Português
Videos/Perfil 226 0 735 11/24/2010 - 22:51 Português
Videos/Perfil 223 0 707 11/24/2010 - 22:51 Português
Fotos/ - Luís Camões 0 1.397 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - Luís Camões 0 773 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 824 0 858 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 825 0 857 11/24/2010 - 00:35 Português
Poesia/Amizade AMIZADE AUTÊNTICA 0 532 11/17/2010 - 23:16 Português
Poesia/Aforismo {Empty title} 0 525 11/17/2010 - 23:16 Português
Poesia/Soneto EU SOU AQUELE 2 464 03/06/2010 - 23:45 Português
Poesia/Geral DEAMBULAVA PELAS VIELAS 3 488 03/06/2010 - 15:26 Português
Poesia/Geral Levem-me as palavras,deixem-me a saudade 2 412 03/05/2010 - 03:30 Português
Poesia/Dedicado Ressurgir 3 558 03/04/2010 - 19:30 Português
Poesia/Amor FOLHA RUBRA 1 539 03/04/2010 - 16:12 Português
Poesia/Geral Ah! Como queria ter um belo barquinho 2 667 03/04/2010 - 12:59 Português
Poesia/Soneto A GUERRA 4 567 03/03/2010 - 19:14 Português
Poesia/Intervenção OPULENTOS E ESTADISTAS 1 522 03/03/2010 - 15:56 Português
Poesia/Soneto EM VÃO 3 380 03/03/2010 - 15:34 Português
Poesia/Soneto LAMPEJOS D’ ALMA 1 407 03/03/2010 - 15:33 Português
Poesia/Erótico O FESTIM RUBRO 2 432 03/03/2010 - 15:28 Português
Poesia/Soneto O CÁLICE SONORO 3 429 03/03/2010 - 15:05 Português
Poesia/Soneto AS FLORES DO ARCO-ÍRIS 3 487 03/03/2010 - 03:53 Português
Poesia/Geral AS DOZE HORAS DE VIAGEM 2 571 03/02/2010 - 20:29 Português
Poesia/Soneto APROVEITA A OPORTUNIDADE 2 469 03/02/2010 - 20:16 Português