CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O DIA DOS MEUS ANOS

O dia dos meus anos

 

Sessenta e nove anos, quem havia de dizer,

O tempo que já passou desde o meu nascer,

Foi a 2 de Outubro de 1941, tempo de guerra e de fome,

Naquele lugar pobre, Monte Gordo é o seu nome,

Que fica junto ao mar, desde o tempo que nasceu,

É o lugar onde nasci que fica entre a terra e o céu.

 

 

Foi naquele lugar onde a minha vida começou,

Foi uma etapa triste que na vida me marcou,

Pois o passado anda sempre comigo, para me lembrar,

E em muitos anos que viva, ele nunca me vai deixar,

Para me ensinar que a vida é um constante pelejamento,

Com as armas do meu carácter que tenho no pensamento.

 

 

Não sei se nasci de dia ou durante a noite, só sei que nasci,

E que o tempo me fez o favor de me trazer até aqui,

Deu – me a força suficiente para não perder a esperança,

De viver com dignidade neste tempo que avança,

E vai deixando para trás, recordações, uma história,

Que é a minha e ainda não a perdi da minha memória.

 

 

A vida é uma sucessão de actos que sempre acontece,

Que fica dentro de nós e nunca mais nos esquece,

Para bem ou para mal, todos os actos vão sucedendo,

Metidos nesta ilusão, não pensamos que vamos morrendo,

Vamos tendo a ambição de continuar sempre a viver,

É assim a lei da vida, é assim que tem que ser.

 

 

Tavira, 2 de Outubro de 2010 - Estêvão

Submited by

quinta-feira, abril 4, 2013 - 09:50

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 semanas 14 horas
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 447 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 311 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 410 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.615 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 1.046 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.323 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.892 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.524 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 2.105 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.490 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.960 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.877 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 1.162 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.423 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.278 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.562 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.911 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.583 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 1.070 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.724 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.185 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.357 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.191 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.453 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.344 12/21/2016 - 10:58 Português