CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O DINHEIRO

                                                                                             O dinheiro

O dinheiro transforma as pessoas,

Em pessoas diferentes, más ou boas,

Em importantes ou sem importância,

Pela quantidade e simples circunstância.

 

Outros pelo dinheiro fazem grandes amizades,

Dos que têm dinheiro e mostram as vaidades,

De serem amigos do dinheiro simplesmente,

Porque de quem o tem a sua alma mente.

 

O dinheiro dá importância mas não a cultura,

E de um criminoso pode fazer a sua soltura,

O dinheiro paga a vida que se pode sonhar,

Mas da morte certa nunca o vai salvar.

 

O dinheiro assim como mata também faz viver,

Mas nunca salva ninguém de morrer,

Pois o tempo não tem dinheiro e é comandante,

Do tempo que se pode viver seja ou não importante.

 

O dinheiro também compra e vende criaturas,

E também faz das pessoas fracas e de bravuras,

Pela quantidade classifica-as em ricos e pobres,

Não importa se são boas ou más ou até nobres.

 

Enquanto se tem dinheiro sempre se é conhecido,

À sua volta nunca falta um amigo,

Mas também a inveja por ele pode aparecer,

E até pelo dinheiro se mata e se pode nascer.

 

O dinheiro também faz o amor ser falso,

Por ele se ama sem amar e o pode levar ao cadafalso,

Por ele se reza, por ele se ajoelha e por ele se ama,

Mas cuidado, porque pelo dinheiro também se trama.

 

Muito dinheiro faz aparecer muitos amigos,

Mas se de repente desaparece, eles ficam desaparecidos,

Deixam de conhecer quem o tinha e o perdeu,

E desta sua atitude nunca alguém se arrependeu.

 

O dinheiro é o Deus e também é o diabo para alguém,

Quem o vê só na sua frente, e não vê mais ninguém,

Por ele se pode ficar, recluso de si mesmo e cego,

E também há quem por ele perca a dignidade e o seu ego.

 

Tavira, 27 de Novembro de 2011-Estêvão~

Submited by

quarta-feira, junho 18, 2014 - 11:11

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 semanas 17 minutos
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de deborabenvenuti

O Dinheiro

Não há como evitar. Desde o surgimento do mundo o dinheiro foi o Deus a quem muitos se ajoelharam e continua sendo e sempre será, enquanto existirem pessoas que dão mais valor a ele do que a um bom amigo.
Abraços

http://colchaderetalhos13.blogspot.com.br

imagem de José Custódio Estêvão

Poema

Somos da mesma opinião. Tudo de bom para ti.
Abraços
Estêvão

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 229 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 139 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 207 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.200 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 797 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.018 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.506 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.292 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.709 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.073 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.502 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.517 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 876 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 994 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.053 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.277 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.580 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.248 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 885 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.266 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 966 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.025 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 961 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.101 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.019 12/21/2016 - 10:58 Português