CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O FESTIM RUBRO

Farolim hirto e rubro no denso tronco
luzidio e escarlate no achatado chapão
Deidade apressa-te em findar doce tensão
Que o néctar é espesso,viscoso e monco

O festim é de pouca duração, nele não ronco
Nem sou de amenos modos de fricção
Num sobe e desçe desenfreado de soão
Ouvem-se gemidos romper à força de trovão

Como uma agulha cose uma ténue, rosada bainha
Torna-se vítima sem amparo,o sem dedal
Aquela flor de pétalas abertas... que doce carinha

Tudo é prazer,tudo torna-se ebolição primordial
Aventuro-me nesta doce purpurina figurinha
Onde se soltam gemidos até ao último ,que é fatal!...

António Plácido

Submited by

terça-feira, fevereiro 10, 2009 - 01:44

Poesia :

No votes yet

camoes

imagem de camoes
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 49 semanas
Membro desde: 01/15/2009
Conteúdos:
Pontos: 186

Comentários

imagem de Henrique

Re: O FESTIM RUBRO

Um poema bem escrito, gostei!!! :-)

imagem de KeilaPatricia

Re: O FESTIM RUBRO

É de perder o folego...

beijos....

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of camoes

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral O rotineiro poema 2 604 05/23/2011 - 14:55 Português
Videos/Perfil 227 0 533 11/24/2010 - 22:51 Português
Videos/Perfil 226 0 692 11/24/2010 - 22:51 Português
Videos/Perfil 223 0 673 11/24/2010 - 22:51 Português
Fotos/ - Luís Camões 0 1.355 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - Luís Camões 0 737 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 824 0 808 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 825 0 815 11/24/2010 - 00:35 Português
Poesia/Amizade AMIZADE AUTÊNTICA 0 493 11/17/2010 - 23:16 Português
Poesia/Aforismo {Empty title} 0 503 11/17/2010 - 23:16 Português
Poesia/Soneto EU SOU AQUELE 2 432 03/06/2010 - 23:45 Português
Poesia/Geral DEAMBULAVA PELAS VIELAS 3 464 03/06/2010 - 15:26 Português
Poesia/Geral Levem-me as palavras,deixem-me a saudade 2 369 03/05/2010 - 03:30 Português
Poesia/Dedicado Ressurgir 3 521 03/04/2010 - 19:30 Português
Poesia/Amor FOLHA RUBRA 1 512 03/04/2010 - 16:12 Português
Poesia/Geral Ah! Como queria ter um belo barquinho 2 627 03/04/2010 - 12:59 Português
Poesia/Soneto A GUERRA 4 523 03/03/2010 - 19:14 Português
Poesia/Intervenção OPULENTOS E ESTADISTAS 1 493 03/03/2010 - 15:56 Português
Poesia/Soneto EM VÃO 3 350 03/03/2010 - 15:34 Português
Poesia/Soneto LAMPEJOS D’ ALMA 1 374 03/03/2010 - 15:33 Português
Poesia/Erótico O FESTIM RUBRO 2 403 03/03/2010 - 15:28 Português
Poesia/Soneto O CÁLICE SONORO 3 402 03/03/2010 - 15:05 Português
Poesia/Soneto AS FLORES DO ARCO-ÍRIS 3 462 03/03/2010 - 03:53 Português
Poesia/Geral AS DOZE HORAS DE VIAGEM 2 544 03/02/2010 - 20:29 Português
Poesia/Soneto APROVEITA A OPORTUNIDADE 2 444 03/02/2010 - 20:16 Português