CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O JULGAMENTO

No silêncio o verso me corteja
Busco a poesia no mesmo ambiente
Na busca de um tema diferente
Sem arrogância e tampouco sobeja
Até o meu fim assim quero que seja
Eu ser fiel à minha consciência
Ter sempre tolerância e paciência
E um pensamento que ninguém maneja

Com minha liberdade aqui presente
Procuro ao menos ser equilibrado
Quando vejo inocentar culpado
E condenar alguém que é inocente
Eu reconheço que já fui contente
Ao ver o pobre ser reconhecido
Porém quem erra deve ser punido
Mas vejo “igual” tratado diferente

Lamento ver meu país dividido
Por dois lados que com unhas e dentes
Ao mesmo tempo iguais e diferentes
Defendendo político bandido
Quando às vezes eu me sinto perdido
Para o ponto de partida regresso
Pergunto pela “ORDEM E PROGRESSO”
Escrito na bandeira sem partido

Sérgio da Silva Teixeira
Bagé/RS.

Submited by

sábado, janeiro 27, 2018 - 00:41

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 1 dia
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 419

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Geral ANALISTA DE MIM MESMO 0 137 03/17/2020 - 14:38 Português
Poesia/Geral SERES RACIONAIS 0 934 01/25/2011 - 03:05 Português
Ministério da Poesia/Geral VANDALISMO EMPRESARIAL 0 810 01/26/2011 - 01:56 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 301 01/05/2020 - 13:59 Português
Fotos/Pessoais LIVRO RECENTE 0 212 01/05/2020 - 14:06 Português
Fotos/Rostos SÉRGIO TEIXEIRA 0 833 04/04/2011 - 13:22 Português
Poesia/Comédia VULCÃO ISLANDÊS-O CACHIMBO DA PAZ 0 664 05/24/2011 - 16:10 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA NA FRONTEIRA (VOYAGER 1) 0 641 08/08/2011 - 22:23 Português
Poesia/Geral AGONIA DO ANO 0 177 12/30/2019 - 00:45 Português
Poesia/Geral LÁ ONDE MORO 0 366 04/12/2013 - 14:25 Português
Anúncios/Outros - Vende-se LIVROS DE MINHA AUTORIA 0 966 03/26/2014 - 18:22 Português
Poesia/Amor TUA PRESENÇA 0 443 08/04/2014 - 21:41 Português
Poesia/Soneto SONETO ÀS FLORES DA SEXTA-FEIRA SANTA 0 169 04/10/2020 - 16:10 Português
Poesia/Soneto SONETO DA EXPERIÊNCIA 0 306 02/17/2020 - 17:52 Português
Poesia/Soneto SONETO DO ACASO 0 160 02/07/2020 - 11:45 Português
Poesia/Geral INÚTIL SABER (DÉCIMAS) 0 294 01/22/2020 - 22:41 Português
Poesia/Geral ADEUS À PRIMAVERA 0 378 12/22/2019 - 11:36 Português
Poesia/Geral O IDÓLATRA 0 172 11/10/2019 - 17:29 Português
Poesia/Geral RIMAS COM SINAIS 0 281 10/16/2019 - 01:35 Português
Poesia/Geral OUTROS MUNDOS 0 493 03/07/2017 - 19:54 Português
Poesia/Geral O CICLO DO TEMPO 0 554 11/02/2017 - 14:57 Português
Poesia/Soneto SONETO DO FIM DOS TEMPOS 0 542 12/06/2017 - 01:05 Português
Poesia/Geral O JULGAMENTO 0 545 01/27/2018 - 00:41 Português
Poesia/Dedicado REINADOS SEM CRIMES 0 909 07/10/2018 - 17:49 Português
Poesia/Geral NOVAS E VELHAS NOVIDADES 0 515 07/26/2018 - 22:03 Português