CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O MEU ÓPIO

O meu ópio são as palavras.
De barco vêm num búzio
todas enroladas como fio.
Cheiro o seu ar bravio
e leio-as de fio a pavio.

O meu ópio são as palavras.
Sorvendo-as sofregamente
pululam meu sangue quente,
veementemente sobem à mente
e deixam o meu corpo fervente.

O meu ópio são as palavras.
Param em grande travagem,
ligam a engrenagem
e iniciam a viagem
quase como uma miragem.

O meu ópio são as palavras.
Saem a dançar Mazurka
quando me brotam pela boca.
Por as ouvir fico mouca.
Vivo em roda-viva louca.

O meu ópio são as palavras.
O mar que as trás de longe,
o chocalhar de guizos no monte,
a água que corre na fonte…
Fixar o olhar no horizonte…

O meu ópio são as palavras.
Óh, Piamente…

Este foi o poema lido aquando do lançamento do meu livro "Facto Binário", na Feira do Livro do POrto, a 13.06.2009, editado pela Corpos Editora.

Submited by

quarta-feira, julho 8, 2009 - 17:58

Poesia :

No votes yet

Patrícia Taz

imagem de Patrícia Taz
Offline
Título: Moderador Consagrados
Última vez online: há 36 semanas 3 dias
Membro desde: 04/04/2009
Conteúdos:
Pontos: 650

Comentários

imagem de jopeman

Re: O MEU ÓPIO

e que melhor poder hipnótico do que as palavras?
Gostei imenso
Bjos

imagem de Silvino

Re: O MEU ÓPIO

Há muita poesia nesse seu ópio. Gostei
Bjs

imagem de Conchinha

Re: O MEU ÓPIO

Tomemos então todos desse ópio.
Gostei.

bjs

imagem de marcodias

Re: O MEU ÓPIO

Olá.

A O festim das sensações que alimentam
o nosso eu maior, as palvras, as ideias,
os momentos, o nosso ópio.

Gostei muito.

Abraço.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Patrícia Taz

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor S(O)UCINTO 3 401 03/30/2010 - 01:47 Português
Poesia/Geral QUERER CRENDO 8 284 03/21/2010 - 01:50 Português
Poesia/Paixão SÓ LILÁS 1 287 03/08/2010 - 19:41 Português
Poesia/Amizade BEIJO 3 545 03/06/2010 - 23:30 Português
Poesia/Geral JOANINHA 1 289 03/06/2010 - 23:30 Português
Poesia/Soneto FAÇO DELAS SETE VELAS 1 502 03/06/2010 - 15:36 Português
Poesia/Amor ELA VAI VIR 1 294 03/06/2010 - 15:21 Português
Poesia/Geral LUA ESFEROGRÁVIDA 1 441 03/06/2010 - 15:21 Português
Poesia/Geral PROSAICA FILOSOFIA 1 447 03/06/2010 - 03:50 Português
Poesia/Amor ESPELHO MEU 3 282 03/06/2010 - 03:42 Português
Poesia/Amor NÃO SOBROU NADA 1 372 03/06/2010 - 03:42 Português
Poesia/Amor SORRISO MATREIRO 1 718 03/06/2010 - 03:42 Português
Poesia/Amor FIOS DE TEIA. 3 291 03/06/2010 - 03:35 Português
Poesia/Intervenção LÍNGUAS NOVAS 1 271 03/06/2010 - 03:34 Português
Poesia/Geral SE, DEPOIS DE EU MORRER. 3 283 03/06/2010 - 03:32 Português
Poesia/Geral DESPIDADE – Despedida despida de idades 6 338 02/24/2010 - 20:12 Português
Poesia/Geral QUARTO MINGUANTE 8 227 02/19/2010 - 22:06 Português
Poesia/Intervenção SONHOS DE FEITICEIRA 7 332 02/19/2010 - 03:42 Português
Poesia/Paixão ACERTADA(MENTE) 6 297 02/19/2010 - 03:27 Português
Poesia/Meditação DOM(ÍNIO) DA VIDA 6 270 01/15/2010 - 00:00 Português
Poesia/Amor ENCONTRO-TE 4 253 12/29/2009 - 22:53 Português
Poesia/Geral O DESPERTAR DO SONHO 15 296 12/11/2009 - 19:02 Português
Poesia/Amor TECIDOS NO TEMPO 13 192 12/09/2009 - 20:40 Português
Poesia/Dedicado Which Anthology Fest! 6 229 12/09/2009 - 20:24 Português
Poesia/Amor MEU INTENTO 9 410 12/06/2009 - 00:58 Português