CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O MEU PAI SOL




O meu pai Sol

 

Bom dia meu pai Sol, não me respondes mas me aqueces,

Dá-me um abraço quente, de mim eu sei que não te esqueces,

Todos os dias me dás o teu abraço assim que te levantas,

E eu envolvo-me no teu abraço, não preciso de mantas,

Tenho o meu corpo nu como nasci e assim me aqueces por inteiro,

Dás-me sempre o teu calor de borla, não precisas de dinheiro.

 

O teu calor não tem preço, és o rei deste mundo, o rei da vida,

És de todos, a todos aqueces, sem querer saber de raças,

És distinto, és bom, sinto a tua falta quando não te vejo,

Todos os dias, todas as horas em todo os momentos te desejo,

És o meu pai, o meu amigo e me sempre fazes companhia,

E à noite quando me deito, penso em ti, para te ver no outro dia.

 

Quando me faltas, eu sinto frio, estás distante, é tempo de Inverno,

És pai, és mãe, és tudo de bom para mim, és amor materno,

O calor que é teu e eu recebo, não o quero só para mim,

Dos pedacinhos que tu me dás, dou também a quem veio de onde eu vim,

Eu gosto de repartir sempre com alguém o teu belo calor,

Por isso não estou sozinho, estou envolvido num grande amor.

 

Já abracei, já saudei o meu pai Sol, agora sinto o meu irmão vento,

Que me alegre, que me refresca sempre o meu pensamento,

Para nunca esquecer que o amor é paz, é bondade e sempre perdoa,

Ele está sempre dentro de mim, tem asas mas não voa,

Quero oferecê-lo também a quem nunca sentiu o seu carinho,

E como o Sol é o meu pai eu sinto que nunca estou sozinho.

 

Como eu gosto de acordar de manhã cedo e saudar o meu pai

Eu sei de onde ele vem e também sei para onde vai,

Que desponta lá no longínquo horizonte, tem amor ele é quente,

E eu abro a minha janela de par em para que ele entre,

Acompanhado do meu irmão vento que não o vejo mas sinto,

Um me aquece, o outro me arrefece, a sua entrada eu consinto.

 

Sonho que tenho asas para conseguir chegar ao céu e voltar,

De dia eu tenho o meu pai Sol e à noite tenho o luar,

Que é a luz do Sol que beija a Lua até aqui onde eu estou,

De manhã acordo, sonhei mas sei que a Lua me beijou,

Porque eu sinto uma paixão tão grande, só pode ser de amor,

Que me faz erguer todo o dia, pois é do Sol, é calor.

 

Enquanto eu puder receber o meu pai Sol, eu sinto-me feliz,

Mas não me sinto totalmente bem se for só eu a sentir,

Desejo que toda a gente o receba, principalmente os desanimados,

A quem a esperança deixou tanto tempo desamparados,

Eu quero receber menos calor do Sol, para que eles também tenham,

Para que a vida também sorria e ao Sol se mantenham.

 

Ajudado pelo meu irmão vento não quero esquecer o lugar onde nasci,

O caminho eu sei, vejo todos os dias, dele nunca me perdi,

Agradeço ao meu pai Sol por me ter trazido para aqui onde estou bem,

Só tenho pena que não tenha comigo, o meu pai e a minha mãe,

Mas a Natureza é quem manda e o pai Sol assim nos formou,

Por isso, eu me sinto feliz por estar aqui, o meu tempo não acabou.

 

 

Tavira, 28 de Setembro de 2011-Estêvão

Submited by

terça-feira, dezembro 31, 2013 - 19:51

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 21 semanas 1 dia
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 1.163 02/24/2019 - 17:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 619 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 625 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.071 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.155 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.157 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 1.119 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.187 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.261 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 685 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 815 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 905 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 1.016 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.276 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 994 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 746 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 891 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 778 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 812 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 832 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 882 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.780 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.577 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 920 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 964 12/07/2016 - 12:01 Português