CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Perdão de Cristo

Diz-me, Tu, ó bom Senhor Jesus
Tu, que estavas pregado, naquela cruz
Perante um mundo de devassidão
Como, naquele exacto momento
De dilacerante dor e sofrimento,
Perdoaste toda aquela multidão
O Teu abandono era profundo…
Sentias-Te abandonado, pelo Pai
Foras ultrajado, pelo mundo
Brutalmente, pela humanidade…
Que, plena em ingratidão,
Negava-se à hombridade
E, sem qualquer compaixão,
Condenou-te à crucificação.
Aqueles, a quem amavas de verdade!

Diz-me, Tu, ó senhor bom Jesus
Como, esse Teu coração, dorido
Nesse desfecho, do tempo vivido
Aquando da Tua passagem, pela terra
Antro de libertinagem e de egoísmo
Um mundo pleno em hipocrisia
Onde, em nome da paz, se faz a guerra
Onde, ultrajam-se crianças, a cada dia
Onde reina a incúria e a traição
Ah, quão tremenda aberração!
Diz-me, se em atitude de impar altruísmo
Como conseguiu esse Teu coração
Conceder esse perdão, profundo
À incompreensão de todo um mundo
Na sua mais absoluta dimensão

Que temias, Tu, ó bom Jesus
Filho de Maria, em pureza
Quando, sob o peso daquela cruz
Por entre as vaias da multidão
Já arrastando-te, pelo chão
Numa atitude de evidente fraqueza
Um atributo da humana natureza
Foi o que Tu, então, mostraste…
Quando, aos céus, os Teus olhos, levantaste
E ao Deus Pai Tu perguntaste
“Senhor, porque me abandonaste…?“?

Tu, a Deus Teu Pai, inquiriste…
Porque temente Te sentiste…

Diz-me, Tu, ó Senhor Jesus
Se enquanto arrastavas, aquela cruz
Por entre as vaias da multidão
Cujo peso era o peso do pecado
De um mundo ignóbil - depravado
Tal, que arriava-Te, até ao chão
Como foste Tu capaz, de perdoar
A quem, ao Teu amor, a vaiar
Te apedrejara, sem piedade
E acabara, de te condenar
À humilhante crucificação
Retribuindo, com uma cruel ingratidão
Numa absoluta iniquidade
A tua compaixão, pela humanidade
Esse Teu amor, puro, pleno em dedicação.

apsferreira

 

www.albanosoaresferreira.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, abril 22, 2011 - 16:13

Poesia :

No votes yet

apsferreira

imagem de apsferreira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 52 semanas
Membro desde: 09/21/2009
Conteúdos:
Pontos: 3457

Comentários

imagem de Susan

A CRUCIFICAÇÃO um tema

A CRUCIFICAÇÃO um tema pertinente na Páscoa 

e que levamos pela nossa vida como sentindo de redenção maior ...

Teu poema está muito bem focado e sublinhado nessa verdade 

que liberta todo o ser humano : o perdão de CRISTO!!!

Muito bem escrito !!!!

Sempre bom te ler amigo !!!!

Um beijo 

Susan

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of apsferreira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado Deixa-me Dizer-te, Meu Amor... 8 829 03/07/2012 - 16:44 Português
Poesia/Aforismo Como Sente O Poeta 6 879 03/03/2012 - 22:50 Português
Poesia/Dedicado Tu És Como A Serpente 4 982 02/24/2012 - 17:23 Português
Poesia/Dedicado O Toque de Midas 6 671 02/19/2012 - 19:02 Português
Poesia/Intervenção Crise 7 1.273 02/15/2012 - 16:52 Português
Poesia/Desilusão Tu Matas-me O Amor... 0 1.426 02/04/2012 - 16:37 Português
Poesia/Amor Eu Preciso Do Teu Amor 0 1.079 02/04/2012 - 05:11 Português
Poesia/Meditação A Tua Vida Vale A Pena...? 2 528 02/02/2012 - 15:49 Português
Poesia/Meditação Aquela Loucura, afinal... 2 732 02/02/2012 - 03:49 Português
Poesia/Meditação Para Quê Amanhcer...? 0 316 02/02/2012 - 03:35 Português
Poesia/Intervenção Povo Que Lavas No Rio 0 550 02/01/2012 - 23:34 Português
Poesia/Amor A Loucura, que Perdura no Meu Coração 2 514 02/01/2012 - 22:17 Português
Poesia/Amor Eu preciso tanto, de ti... 6 931 02/01/2012 - 01:20 Português
Poesia/Meditação Reflexão 0 596 01/29/2012 - 05:21 Português
Poesia/Fantasia Olha aí, Catraia... 2 648 01/28/2012 - 06:51 Português
Poesia/Meditação Desabafo 4 870 01/26/2012 - 11:25 Português
Poesia/Meditação Esconjuro, ao Amor 0 779 01/15/2012 - 19:37 Português
Poesia/Dedicado Assim, Que A Chuva Parar 3 828 01/14/2012 - 22:52 Português
Poesia/Aforismo Agonia 0 764 01/11/2012 - 18:03 Português
Poesia/Meditação Na Vida Tenhamos Hombridade 2 955 12/28/2011 - 01:07 Português
Poesia/Paixão O Beijo 4 624 12/28/2011 - 00:38 Português
Poesia/Amor Uma Carta, ao Meu Amor... 2 1.001 12/19/2011 - 23:51 Português
Poesia/Tristeza Um Dia, Sem Sol 4 1.091 12/17/2011 - 15:22 Português
Poesia/Dedicado Onde Estás, Minha Mãe...? 4 1.378 12/15/2011 - 19:15 Português
Poesia/Dedicado Para Além da Ilusão 7 944 12/15/2011 - 19:03 Português