CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O POETA É UM SER MIL

O poeta
escancara mentiras
no desperdício dos seus critérios.

Quem o lê
também mente
o quase verdade do seu fingimento
em coordenadas filosóficas.

Também sente
a sombra de cada metáfora
cobaia de sapiência.

Ser poeta é um grito
de seus céus encrespados
após o silêncio oblíquo da poesia
que fala mais alto que o ser.

O poeta sonha
fintando as palavras
desaproveitadamente mudas
pela voz guardiã da alma.

É acrescentado
de inspiração imortal
em idoneidade das debilidades
da utopia sem espaço nos mortais.

Não ser poeta
é de quem não sente
perdendo a interpretação do ser lume.

Ama lobrigando
a perturbação das letras
por encerrar o verídico significado
do sentido do seu estado interior.

Poeta é um ser
de mil seres semi-confessados
no colo de um papiro em todos os cenários
possíveis e impossíveis.

A poesia
é uma fragilização
dos extremos acautelados
numa desculpa de ser loucura
em pensamento gigante.

Submited by

domingo, janeiro 17, 2010 - 01:19

Poesia :

No votes yet

Henrique

imagem de Henrique
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 5 semanas
Membro desde: 03/07/2008
Conteúdos:
Pontos: 34817

Comentários

imagem de jopeman

Re: O POETA É UM SER MIL

O poeta é tudo o que sonha, almeja...

destaco
"Quem o lê
também mente
o quase verdade do seu fingimento
em coordenadas filosóficas.

A poesia
é uma fragilização
dos extremos acautelados
numa desculpa de ser loucura
em pensamento gigante."

És um ser mil

abraço

imagem de ricardopacheco

Re: O POETA É UM SER MIL

linda forma de ver o poeta,
um abraço

imagem de Angelo

Re: O POETA É UM SER MIL

Olá henrique, o poeta pode e deve ser tudo o que diz no seu poema.

A poesia
é uma fragilização
dos extremos acautelados
numa desculpa de ser loucura
em pensamento gigante.

Gostei de ler esta Caracterização do poeta, os meu parabéns.
Um abraço
Melo

imagem de gladysgimenez

Re: O POETA É UM SER MIL

Belo poema.Tão bom fingidor e o poeta que consegue ser mil seres em um só ser. PArabéns. Abrassss

imagem de Gisa

Re: O POETA É UM SER MIL

A face do poeta, gostei, embora eu pense que o poeta também diz a verdade, por muitas vezes até nua. Bela reflexão, abraços

imagem de MarneDulinski

Re: O POETA É UM SER MIL

LINDO POEMA, TAMBÉM COMPARTILHO COM SUA MENSAGEM!
Meus parabéns,
Marne

imagem de Manuelaabreu

Re: O POETA É UM SER MIL

Olá Henrique
mais uma bela reflexão do que poderá ser um poeta
Parabéns pela criatividade, destaco esta estrofe:

"Quem o lê
também mente
o quase verdade do seu fingimento
em coordenadas filosóficas."

...faz-me lembrar uma corrente de Fernando pessoa em
"autopsicografia" poema simples e ao mesmo tempo complexo pela forma de dizer e contradizer o que é o poeta.

Um abraço
:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Henrique

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Outros Já viram o Pedro abrunhosa sem óculos? Pois ora aqui o têm. 1 36.995 06/11/2019 - 09:39 Português
Poesia/Tristeza TEUS OLHOS SÃO NADA 1 1.608 03/06/2018 - 21:51 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O INFINITO SEJA O PRINCÍPIO 4 2.218 02/28/2018 - 17:42 Português
Poesia/Pensamentos APALPOS INTERMITENTES 0 2.139 02/10/2015 - 22:50 Português
Poesia/Aforismo AQUILO QUE O JUÍZO É 0 1.985 02/03/2015 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos ISENTO DE AMAR 0 4.008 02/02/2015 - 21:08 Português
Poesia/Amor LUME MAIS DO QUE ACESO 0 2.684 02/01/2015 - 22:51 Português
Poesia/Pensamentos PELO TEMPO 0 1.682 01/31/2015 - 21:34 Português
Poesia/Pensamentos DA POESIA 0 5.422 01/30/2015 - 23:06 Português
Poesia/Pensamentos DO AMOR 0 1.829 01/30/2015 - 21:48 Português
Poesia/Pensamentos DO SENTIMENTO 0 2.249 01/29/2015 - 22:55 Português
Poesia/Pensamentos DO PENSAMENTO 0 2.362 01/29/2015 - 19:53 Português
Poesia/Pensamentos DO SONHO 0 1.628 01/29/2015 - 01:04 Português
Poesia/Pensamentos DO SILÊNCIO 0 2.820 01/29/2015 - 00:36 Português
Poesia/Pensamentos DA CALMA 0 2.160 01/28/2015 - 21:27 Português
Poesia/Pensamentos REPASTO DE ESQUECIMENTO 0 1.871 01/27/2015 - 22:48 Português
Poesia/Pensamentos MORRER QUE POR DENTRO DA PELE VIVE 0 1.743 01/27/2015 - 16:59 Português
Poesia/Aforismo NENHUMA MULTIDÃO O SERÁ 0 1.749 01/26/2015 - 20:44 Português
Poesia/Pensamentos SILENCIOSA SOMBRA DE SOLIDÃO 0 2.917 01/25/2015 - 22:36 Português
Poesia/Pensamentos MIGALHAS DE SAUDADE 0 1.558 01/22/2015 - 22:32 Português
Poesia/Pensamentos ONDE O AMOR SEMEIA E COLHE A SOLIDÃO 0 1.463 01/21/2015 - 18:00 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS À LUPA 0 2.388 01/20/2015 - 19:38 Português
Poesia/Pensamentos MADRESSILVA 0 1.425 01/19/2015 - 21:07 Português
Poesia/Pensamentos NA SOLIDÃO 0 1.753 01/17/2015 - 23:32 Português
Poesia/Pensamentos LÁPIS DE SER 0 1.659 01/16/2015 - 20:47 Português