CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Que Me Deprime

ALL RIGHTS RESERVED.

O que me deprime
É acordar de manhã
E ter que engolir
Um enorme comprimido
De ciprofloxano.

O que me deprime
É esperar horas
Na fila do médico,
Entrar em seu consultório
E ser maltratada.

Esse meu excesso
De sonhos e fantasias
É o que me deprime
Todos os dias.

O que me deprime
São meus exames clínicos
Acusando a penetração
E multiplicação
De microorganismos patogênicos,
E os meus desejos egocêntricos.

O que me deprime
É não concordar
Com a lógica da natureza humana
Mas ter que tolerar
Sua ilógica desumana.

Ser diariamente cobrada
Por aqueles que também
Não têm nada,
Ser forçada a fingir
Que sou feliz em público,
Acordar de manhã
Suada e melada
Depois de passar
Por uma cirurgia,
Ver minha roupa suja de sangue
E lembrar que minha mãe
Viveu num mangue
É o que me deprime.

O que me deprime
É saber que o universo
É tão grande,
Imensamente absoluto
E eu tive que nascer
Justamente nesse mundo.

Me deprime sim
Ver os envelopes de Lucretin!

JM JAMILA MAFRA

Submited by

sexta-feira, junho 25, 2010 - 19:28

Poesia :

No votes yet

jamilamafra

imagem de jamilamafra
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 semanas 2 dias
Membro desde: 09/03/2009
Conteúdos:
Pontos: 6052

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of jamilamafra

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Fotos/Artes UM AMOR E UM AMIGO - Uma Linda História de Amor 0 1.516 02/26/2014 - 19:37 Português
Poesia/Desilusão AS CRIANÇAS NÃO QUEREM MAIS MINGAU 0 1.014 01/17/2011 - 18:05 Português
Prosas/Outros NEBULOSA CABEÇA DE CAVALO 0 1.978 01/17/2011 - 17:52 Português
Prosas/Outros OVINIS 0 937 01/17/2011 - 17:54 Português
Prosas/Ficção Cientifica I'm easy like Sunday morning......( By Faith No More Rock Band ) 0 4.584 01/17/2011 - 17:58 inglês
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS NO FACEBOOK 0 406 01/17/2011 - 18:02 Português
Poesia/Amor SE EU PUDESSE TE ABRAÇAR AGORA 0 1.006 01/17/2011 - 18:03 Português
Poesia/Intervenção RESPOSTA À POESIA "ELAS" DE DALMO ARRAES 0 941 01/17/2011 - 18:16 Português
Poesia/Desilusão ABORTO DO AFETO/AFETO ABORTADO 0 643 01/17/2011 - 18:19 Português
Poesia/Amor O ANJO DAS ASAS DE PEDRA 0 597 01/17/2011 - 18:21 Português
Poesia/Comédia UM VELHO ESTRANHO ME CONVIDOU PRA TOMAR CERVEJA 0 923 01/17/2011 - 18:23 Português
Poesia/Meditação ARTISTA CELESTIAL 0 839 01/17/2011 - 18:25 Português
Poesia/Alegria ENQUANTO VIDA HOUVER 0 1.105 01/17/2011 - 18:27 Português
Poesia/Amor À JEFFERSON, UM AMIGO ASSASSINADO 0 844 01/17/2011 - 18:28 Português
Poesia/Meditação OS LOUCOS REVOLUCIONARAM O MUNDO 0 1.073 01/17/2011 - 18:30 Português
Poesia/Desilusão SONHOS DE GISELE 0 1.129 01/17/2011 - 18:32 Português
Poesia/Desilusão DESGRAÇADOS NO AMOR/ TERROR NO HALLOWEEN 0 761 01/17/2011 - 18:34 Português
Poesia/Comédia FREUD NÃO ME EXPLICA!!!/ O FRACASSO DA PSICANÁLISE 0 1.361 01/17/2011 - 18:37 Português
Poesia/Paixão FEBRE JUVENIL / NAS BATIDAS DO HEAVY METAL 0 2.401 01/17/2011 - 18:39 Português
Poesia/Desilusão Jamila 0 752 01/17/2011 - 18:40 Português
Poesia/Meditação Almas Gêmeas Na Poesia - CAZUZA,FERNANDO PESSOA E JAMILA 0 2.424 01/17/2011 - 18:42 Português
Poesia/Meditação IRRITEI UM AMERICANO 0 1.009 01/17/2011 - 18:43 Português
Poesia/Desilusão SE EU FOSSE DONA DO MUNDO 0 911 01/17/2011 - 18:45 Português
Poesia/Desilusão PLATAFORMA DA PETROBRÁS 0 982 01/17/2011 - 18:47 Português
Poesia/Desilusão O CONSOLO DAS ESTRELAS 0 630 01/17/2011 - 18:48 Português