CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O SEGURO E APRUDÊNCIA

O seguro e a prudência

 

 

O seguro morreu de velho,

E ele deu-me um conselho,

A mãe prudência fica bem,

E foi ao funeral da mãe.

 

Pensar antes de agir,

É mais seguro do que fugir,

Do problema que tenho,

Com o seguro me acompanho.

 

Eu gosto da mãe prudência,

Ensina a ter paciência,

Não gosta dos precipitados,

E também dos descuidados.

 

O seguro e a prudência,

São meus pais de nascença,

Com eles eu quero andar,

Para não cair ou tropeçar.

 

Mais vale dar um passo atrás,

De que eu sou capaz,

Para dar dois passos em frente,

Que é sempre mais prudente.

 

A prudência é boa companheira,

Que se guarda para a vida inteira,

E o seguro é seu irmão,

Ambos me levam pela mão.

 

O seguro e a mãe prudência,

Dão a minha sapiência,

Com eles eu erro pouco,

E nunca me transformo em louco.

 

A prudência e o seguro eu tenho,

Ajudam o meu engenho,

Da vida que eu quero viver.

Sem ter que me arrepender.

 

 

Tavira, 28 de Junho de 2012-Estêvão

 

Submited by

quarta-feira, outubro 7, 2015 - 10:59

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 semanas 1 dia
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Fantasia DANÇA DOS SONHOS 0 272 12/18/2015 - 10:46 Português
Poesia/Meditação OS PASSOS QUE EU DOU 0 364 12/09/2015 - 11:59 Português
Poesia/Meditação QUERO SER EU PRÓPRIO 0 575 12/02/2015 - 17:15 Português
Críticas/Outros O MEU EU E O OUTRO 0 2.536 11/25/2015 - 11:38 Português
Poesia/Amor FALTA DE AMOR 0 582 11/18/2015 - 12:36 Português
Poesia/Meditação DE PASSO APÓS PASSO 0 383 11/11/2015 - 11:28 Português
Poesia/Amor SENTE-SE E NÃO SE VÊ. 0 373 11/09/2015 - 12:17 Português
Poesia/Meditação PRINCÍPIO E FIM 0 749 10/22/2015 - 10:17 Português
Poesia/Meditação VIVENDO 0 935 10/14/2015 - 10:47 Português
Poesia/Meditação O SEGURO E APRUDÊNCIA 0 428 10/07/2015 - 10:59 Português
Poesia/Amor O AMOR É CEGO 0 579 09/30/2015 - 10:04 Português
Poesia/Amor AI O SABONETE 0 891 09/24/2015 - 09:50 Português
Poesia/Meditação LÁGRIMAS 0 447 09/16/2015 - 17:21 Português
Poesia/Meditação A RODA DO TEMPO 0 662 09/09/2015 - 15:59 Português
Poesia/Amor OS TEUS ABRAÇOS 0 486 09/02/2015 - 10:46 Português
Poesia/Meditação A REFORMA 0 552 08/19/2015 - 09:59 Português
Poesia/Meditação A MINHA CAMA 0 694 08/12/2015 - 09:53 Português
Poesia/Intervenção SONETO À CRISE 0 475 08/05/2015 - 09:52 Português
Poesia/Meditação SER SONHADOR SEM SER 0 941 07/29/2015 - 09:52 Português
Poesia/Meditação A CONSCIÊNCIA 0 939 07/22/2015 - 10:28 Português
Poesia/Amor DO LONGE SE FAZ PERTO 0 705 07/15/2015 - 09:48 Português
Poesia/Meditação A FELICIDADE TAMBÉM SE MULTIPLICA 0 1.391 07/08/2015 - 09:41 Português
Poesia/Meditação SOU E SEREI 0 401 07/01/2015 - 10:28 Português
Poesia/Fantasia ERA UMA VEZ 0 366 06/25/2015 - 09:28 Português
Poesia/Meditação AI SE EU SOUBESSE 0 801 06/17/2015 - 11:01 Português