CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O SOPRO DO VENTO

O sopro do vento

 

Quem será que sopra o vento,

Com força ou de modo lento?

Sopra em todas as direcções,

Sem quaisquer objecções.

 

Umas vezes sopra tão frio.

Como se fosse um desafio,

Outras vezes sopra quente,

Que faz despir toda a gente.

 

Quem será que sopra o vento,

Na sua alegria ou no seu lamento?

Até provoca as ondas do mar,

Em fúria ou no seu cofiar.

 

Até as árvores se curvam,

E algumas até se derrubam,

Pela força do seu poder,

Ninguém o consegue deter.

 

Quem será que sopra o vento,

Não me sai do pensamento?

Não há machado que o corte,

Ele é sempre o mais forte.

 

Sopra sempre e ninguém o vê,

Está sempre à nossa mercê,

Sentimos as suas carícias,

Ou então as suas sevícias.

 

Quem será que sopra o vento,

Que corre no eterno tempo,

Não morre, nem nunca nasceu,

Como foi que isto aconteceu?

 

Eu não sei, nem sabe ninguém,

Porque nasceu sem pai nem mãe,

Este vento que todos sentimos,

Que nos dá vida e nunca o vimos?

 

Porque será que sopra o vento,

Se não tem corpo nem tento?

A ciência diz que conhece,

Mas o vento nunca envelhece.

 

 

Tavira, 29 de Janeiro de 2010 - Estêvão

Submited by

quarta-feira, fevereiro 6, 2013 - 12:05

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 semanas 4 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 340 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 212 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 257 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.397 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 891 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.152 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.683 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.364 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.984 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.322 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.738 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.724 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 964 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.157 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.136 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.365 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.723 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.389 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 969 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.551 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.075 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.193 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.048 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.260 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.157 12/21/2016 - 10:58 Português