CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O tempo que não temos

Na correria do mundo moderno, sem cessar,
No tempo que nos foge, a nos escapar,
Na pressa do dia a dia, sem perceber,
Perdemos momentos, sem poder reviver.

Os minutos escorrem como areia entre os dedos,
Enquanto buscamos o que não temos, com medos,
De que o relógio avance, implacável, sem parar,
E deixe nossos sonhos para trás, a se evaporar.

Mas o tempo não espera, não tem compaixão,
Ele corre implacável, sem fazer concessão,
É preciso desacelerar, aprender a apreciar,
Cada segundo que nos resta, sem desperdiçar.

No mundo moderno, na correria insana,
É fundamental encontrar paz na semana,
Reservar momentos para o que é essencial,
Para que a vida tenha um sentido especial.

Assim, na correria, no tempo que não temos,
Podemos encontrar a calma que queremos,
E viver cada instante com intensidade,
Na busca da verdadeira felicidade.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, setembro 29, 2023 - 11:51

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 14 horas 3 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 16203

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Paixão Tudo mudou outra vez 6 439 04/26/2024 - 20:54 Português
Poesia/Paixão Loucura que me faz sonhar 6 1.571 04/25/2024 - 21:40 Português
Poesia/Paixão Apenas um olhar e um sorriso 6 906 04/24/2024 - 20:13 Português
Poesia/Desilusão Essa saudade que me invade 6 281 04/22/2024 - 20:29 Português
Poesia/Dedicado Tiradentes 6 940 04/21/2024 - 13:48 Português
Poesia/Pensamentos Armadilhas ou ratoeiras 6 2.007 04/20/2024 - 20:08 Português
Poesia/Meditação Onde vão os velhos quando ficam velhos? 6 465 04/20/2024 - 13:53 Português
Poesia/Pensamentos Incoerência fantasiosa absurda 6 1.231 04/19/2024 - 20:29 Português
Poesia/Meditação A trágica paixão de Sansão 6 305 04/18/2024 - 20:34 Português
Poesia/Desilusão A parte fraca do coração 6 346 04/17/2024 - 00:43 Português
Poesia/Desilusão O lamento do sofrer 6 340 04/16/2024 - 11:40 Português
Poesia/Meditação O fim do mundo bate à porta 6 662 04/15/2024 - 23:38 Português
Poesia/Meditação Eu posso dizer não! 6 296 04/15/2024 - 11:29 Português
Poesia/Meditação A angústia de Caim 7 1.382 04/15/2024 - 00:52 Português
Poesia/Amor Não era brincadeira 6 414 04/13/2024 - 14:09 Português
Poesia/Amor Fascinante 6 1.349 04/10/2024 - 20:11 Português
Poesia/Amor Em cada pétala de rosa 7 660 04/10/2024 - 02:31 Português
Poesia/Meditação A Mulher Samaritana 6 1.176 04/08/2024 - 23:06 Português
Poesia/Intervenção Contra o racismo 6 464 04/07/2024 - 14:06 Português
Poesia/Desilusão Do amor não correspondido 6 1.482 04/06/2024 - 14:18 Português
Poesia/Intervenção Contra o bullying 6 775 04/05/2024 - 22:58 Português
Poesia/Amor Impossível ignorar 6 599 04/05/2024 - 02:43 Português
Poesia/Desilusão Não posso te esquecer 6 1.412 04/04/2024 - 02:54 Português
Poesia/Desilusão Seu prisioneiro 6 535 04/02/2024 - 11:51 Português
Poesia/Amor Um poema sem palavras 6 547 04/01/2024 - 19:33 Português