CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Valor de um Irmão

Muitas pessoas não sabem,
Muitos sabemos muito bem --
Motivo desta explicação --
Como é, deveras, ter um irmão.

Com certeza você vai odiar,
Como a tudo feito para incomodar,
Ter de dividir o amor e a atenção
E todo o mundo que conhecemos até então.

E aprendemos a dividir desta forma
Na delicadeza brutal da natureza que molda.

Logo cedo aprende-se o poder da barganha:
Quem a tudo sempre compartilha, nada ganha.

Também vemos até onde confiar em alguém:
É na pura realidade que irmão vivem.

Depois de eternos e estúpidos conflitos
Ambos tornam-se um, fixamente unidos.
E tudo isso vai, e tudo isso volta...
Ódio, amor, inconsequência, revolta...
Como o ciclo das estacões de um ano.
Atração e repulsa no mesmo caldo isano.

Daí vem o tempo e o contar dos dias,
Com suas inúmeras navalhas duras e frias,
Por distância entre o que antes era um,
E tornar raro tudo o que antes era comum.
A redoma de ódio e revolta então estoura.
Só a ausência tem vida saudável e duradoura.

Então, vem a saudade,
Com seu duro alicate,
Apertar nosso coração...
Uma vida, é o valor de um irmão.

Submited by

sexta-feira, dezembro 30, 2011 - 21:02

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Ítalo Cunha

imagem de Ítalo Cunha
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 39 semanas
Membro desde: 07/02/2010
Conteúdos:
Pontos: 209

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Ítalo Cunha

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado O Valor de um Irmão 0 423 12/30/2011 - 21:02 Português
Poesia/Dedicado A Bela e a Rosa 0 550 12/30/2011 - 20:38 Português
Poesia/Fantasia No Templo dos Sentimentos 0 415 12/30/2011 - 20:16 Português
Poesia/Dedicado A Bela e a Janela 0 536 12/27/2011 - 18:01 Português
Poesia/Pensamentos As Verdadeiras Verdades 0 561 12/18/2011 - 20:20 Português
Poesia/Pensamentos Coisas que Devo Fazer 0 412 12/18/2011 - 20:09 Português
Poesia/Comédia Respeito 0 523 12/18/2011 - 19:40 Português
Poesia/Meditação Infinidade 2 536 12/18/2011 - 19:23 Português
Poesia/Pensamentos Sobre a Crítica 2 474 12/16/2011 - 01:03 Português
Poesia/Meditação O Belo e o Feio 0 1.235 12/15/2011 - 20:24 Português
Poesia/Amor Amor: A Criptonita dos Poetas 1 554 12/15/2011 - 18:25 Português
Poesia/Amor O Amor e o Prazer 0 407 12/13/2011 - 19:46 Português
Poesia/Pensamentos Sobre a Vida 0 388 12/13/2011 - 19:30 Português
Poesia/Alegria Oração dos Internautas 1 543 12/13/2011 - 18:10 Português
Poesia/Meditação Um Soneto Para a Vida 0 428 12/12/2011 - 21:24 Português
Poesia/Desilusão Direções Opostas 0 382 12/12/2011 - 21:13 Português
Poesia/Pensamentos O Tempo 0 474 12/10/2011 - 16:46 Português
Poesia/Desilusão Corpo e Mente 0 399 12/10/2011 - 16:43 Português
Poesia/Meditação Mais Males 0 560 12/10/2011 - 16:40 Português
Poesia/Meditação Misteriosas Paisagens 0 562 12/07/2011 - 23:49 Português
Poesia/Geral Momento de Graça 0 358 12/07/2011 - 23:42 Português
Poesia/Tristeza Mais Que Palavras 0 436 12/07/2011 - 23:28 Português
Poesia/Meditação Não Sei 1 432 12/06/2011 - 17:02 Português
Poesia/Amor Um Ser que Ama Quimeras 0 348 12/06/2011 - 16:06 Português
Poesia/Pensamentos Humanos Reflexivos 0 553 12/06/2011 - 15:42 Português