CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ode à Tânatos

O caminho sem penumbra é entrópico
Pois a plenitude do vazio constitui
O idealismo rouco que permeia e que flui
Pela eternidade deste corpo utópico

Quando a humanidade adoece, o regresso
À animosidade das coisas é considerado
Um caminho lúgubre, porém vociferado
Afinal a veemência do fim está no processo

Insalubre dos ditames da foraclusão
Apenas um ditirambo a mais em profusão
Para a tragédia interpessoal que congrego

Assim, a insuficiência consome o segredo
Para além do retraído gosto do medo...
SER para a morte é o signo que carrego.
 

Submited by

sexta-feira, dezembro 17, 2010 - 04:16

Poesia :

No votes yet

malentacchi

imagem de malentacchi
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 36 semanas
Membro desde: 06/22/2009
Conteúdos:
Pontos: 704

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of malentacchi

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Perfil 440 0 724 11/24/2010 - 21:56 Português
Fotos/ - 3230 0 797 11/23/2010 - 23:53 Português
Fotos/ - 1676 0 695 11/23/2010 - 23:40 Português
Culinária/Vegetariano Chocolate Quente Vegano 0 527 11/19/2010 - 11:56 Português
Poesia/Soneto Litania Infértil 0 982 11/18/2010 - 15:41 Português
Poesia/Soneto Um Canto Para Serápis 0 588 11/18/2010 - 15:20 Português
Poesia/Soneto Entre as Ruínas da Carne 0 551 11/18/2010 - 15:15 Português
Poesia/Tristeza Pequena Elegia Para a Garota Morta 0 594 11/18/2010 - 15:10 Português
Poesia/Dedicado Um Sussurro nas Trevas 0 406 11/18/2010 - 15:10 Português
Poesia/Intervenção Pequeno Tratado das Grandes Tristezas 0 714 11/18/2010 - 15:09 Português
Poesia/Soneto O Corvo e A Lâmina 0 406 11/18/2010 - 15:02 Português
Poesia/Soneto Versos Para a Fauna Cadavérica - Uma Liturgia Especial Para a Oitava Legião Dos Obreiros da Morte 1 950 09/19/2010 - 19:51 Português
Poesia/Dedicado Das vontades Proibidas 3 413 09/11/2010 - 21:59 Português
Poesia/Soneto Uma Canção Para Erebus 1 383 09/10/2010 - 12:04 Português
Poesia/Soneto Ab Imo Pectore 1 462 09/10/2010 - 12:00 Português
Poesia/Tristeza A Indigestão de Cronos 4 442 09/10/2010 - 11:55 Português
Poesia/Tristeza Dos Quatro Pretéritos 0 402 06/25/2010 - 07:16 Português
Poesia/Tristeza A Casa das Almas Perdidas 0 495 06/17/2010 - 03:34 Português
Poesia/Dedicado E Foste Assim A Minha Morte... 0 570 06/13/2010 - 07:19 Português
Poesia/Tristeza A Conjectura da Falha 0 348 05/25/2010 - 22:38 Português
Poesia/Tristeza Não Há Abrigo Entre As Ruas Mortas 2 341 05/18/2010 - 19:43 Português
Poesia/Tristeza Uma Canção Para Aquilo Que Não Existe 1 222 05/14/2010 - 15:06 Português
Poesia/Dedicado Sob o Signo da Ausência 0 471 05/10/2010 - 00:50 Português
Poesia/Tristeza A Dança dos Pronomes Necrófagos 1 492 05/09/2010 - 21:41 Português
Poesia/Dedicado Um Nome Há Distância 2 278 05/09/2010 - 21:39 Português