CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

AS ONDAS DO MAR

As ondas do mar

 

Eu queria ser como as ondas do mar,

Vão e vêm e tornam a voltar,

Na imperiosa eternidade do tempo,

Empurradas pela força do vento,

Chegam à praia com todo o prazer,

Morrendo e tornando a nascer.

 

Se eu fosse como as ondas do mar,

Seria eterno no meu morrer e ressuscitar,

Teria como irmão o vento que sinto e não vejo,

Este seria o meu grande desejo,

Mas como sou mortal e sempre diferente,

Sou igual a toda a gente.

 

Se o meu desejo se pudesse concretizar,

Seria igual às lindas ondas do mar,

Que vêm de longe sem saber de onde,

E a sua força a toda a gente esconde,

Abraçam e beijam os corpos sedentos,

E refrescam, com a brisa dos ventos.

 

Venham as ondas até aos meus pés,

Com a força e carícia das marés,

Vão e voltem até para os pés me beijar,

Enquanto eu estiver à beira-mar,

Vendo as gaivotas entre a terra e o céu,

Brancas a pretas, a cor que Deus lhes deu.

 

Como eu gostaria se ser como as todos ondas do mar,

Para todos os navios fazer dançar,

Molhar os marinheiros com o meu poder,

E fazê-los pensar no medo de morrer,

Demonstrando a minha força e o meu amor,

Para sentirem a força do meu valor.

 

 

 

 

24 de Março de 2012-Estêvão

Submited by

quarta-feira, janeiro 11, 2017 - 10:49

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 semanas 3 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor ASAS DE FOGO 0 564 05/13/2015 - 11:53 Português
Poesia/Meditação MISTÉRIOS DO SER 0 918 05/06/2015 - 11:16 Português
Poesia/Meditação A VOZ DO DINHEIRO 0 633 04/29/2015 - 16:14 Português
Poesia/Amor AMAR EM SILÊNCIO 0 478 04/22/2015 - 11:42 Português
Poesia/Amor ORAÇÃO 0 611 04/15/2015 - 10:04 Português
Poesia/Meditação O INFERNO ESTÁ NA TERRA, NÃO NO CÉU 0 380 04/08/2015 - 11:52 Português
Poesia/Meditação DESCONTROLO 0 909 04/01/2015 - 12:16 Português
Poesia/Meditação QUEM MANDA? 0 870 03/25/2015 - 11:12 Português
Poesia/Meditação PARAR É MORRER 0 524 03/18/2015 - 12:59 Português
Poesia/Meditação GUERREIRO DA VERDADE 0 1.179 03/11/2015 - 11:29 Português
Prosas/Pensamentos OS RIOS 1 2.144 03/08/2015 - 15:41 Português
Poesia/Meditação ANDAR ÀS CEGAS 0 1.192 03/04/2015 - 11:46 Português
Poesia/Meditação VIVER E RECORDAR 0 689 02/25/2015 - 12:10 Português
Poesia/Meditação OS DIAS ASSINALADOS 2 824 02/19/2015 - 12:38 Português
Poesia/Meditação DIAS ASSINALADOS 0 1.505 02/18/2015 - 13:18 Português
Poesia/Meditação SÓ SILÊNCIO NÃO 0 593 02/11/2015 - 12:30 Português
Poesia/Meditação SOU DO MEU PENSAMENTO 0 383 02/04/2015 - 11:00 Português
Poesia/Amor PALAVRAS APENAS 0 506 01/28/2015 - 11:13 Português
Poesia/Meditação OLHANDO O CÉU 0 576 01/14/2015 - 11:35 Português
Poesia/Meditação OCULTO 0 505 01/07/2015 - 18:02 Português
Poesia/Meditação SEREI CARNE OU ESPÍRITO? 0 615 12/31/2014 - 11:14 Português
Poesia/Meditação EU SOU ASSIM! 0 619 12/24/2014 - 11:30 Português
Poesia/Amor AS ROSAS TAMBÉM FALAM 0 570 12/17/2014 - 11:33 Português
Prosas/Pensamentos SERPENTES 0 748 12/11/2014 - 12:45 Português
Poesia/Meditação A GUERRA 0 602 12/11/2014 - 12:34 Português