CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

OS DIAS ASSINALADOS

Os dias assinalados

 

 

Dia do pai, dia da mãe, cada dia tem o seu nome,

Para gastar o dinheiro com que se come,

Para se ganhar ainda mais e tornar a gastar,

O dinheiro que se ganha é que nos faz trabalhar.

 

Inventam-se os nomes e os dias são assinalados,

Para fazer girar ainda mais os mercados,

Gastando o que se tem e o que não se tem,

Para fazer lembrar o dia do pai e dia da mãe.

 

Também inventaram o dia da mulher,

Para que os homens não se possam esquecer,

Que nascem dela, e consideram-na um ser menor,

Entristecendo a sua alma e no coração causa dor.

 

Também não esqueceram do dia dos namorados,

Mas não assinalaram o dia dos cansados,

Que não querem trabalhar mas querem receber,

Porque trabalhar faz calos e até faz doer.

 

Um dia muito importante, o da criança também vem,

Até dizem que são o melhor que o mundo tem,

Mas o mundo não é a melhor coisa para ela,

Porque é violento e apenas no papel pensam nela.

 

O dia da árvore também existe, é contemplada,

No calendário também é assinalada,

Mas agressões que lhe é feita pelos criadores,

Parece que por ela não sofrem de amores.

 

Porque não se criou também o dia da vida?

Será que ela ficou no calendário esquecida?

Pois sem vida apenas existe negro do nada,

E a matam-se as vidas e tantas são desperdiçadas.

 

Os dias são infinitos e a vida não é para sempre,

Ensinam a matá-la com jogos deprimentes,

Como se fosse possível a vida ressuscitar,

Marquem mais este dia mas não ensinem a matar.

 

 

 

Tavira, 19 de Março de 2012-Estêvão

Submited by

quarta-feira, fevereiro 18, 2015 - 13:22

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 semanas 1 dia
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de Henrique

"Os dias são infinitos e a

"Os dias são infinitos e a vida não é para sempre"

Bela frase!

Abraço

imagem de José Custódio Estêvão

Poema

Obrigado pelo comentário
Um abraço
Estêvão

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 340 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 209 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 257 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.393 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 889 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.151 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.683 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.361 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.983 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.317 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.731 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.722 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 962 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.155 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.136 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.364 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.721 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.388 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 967 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.546 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.074 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.191 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.045 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.254 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.155 12/21/2016 - 10:58 Português