CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

PALAVRA NÃO IMPRESSA

Não havia palavra na folha a ser impressa.
Havia uma ansiedade procurando a rima.
Havia uma ideia capital que morava nessa
poetisa amorosa, inocente e assassina.

Na folha a ser impressa, palavras... jamais.
Somente a intuição que vinha lá de cima.
Havia uma procura demoníaca e fugaz;
uma corrida insana à cata de uma rima.

Uma palavra ganhou vida e podia ser impressa,
e como rebento novo no papel apareceu.
Mas, como não havia uma rima para essa,
a poetisa a matou e ninguém a conheceu.

Era palavra de amor, saudade ou perdão?
Ou seria inexata, utópica, ambígua, irreal?
Enaltecia a vergonha, o suborno ou a prisão?
Poderia ser usada para o bem e para o mal?

J. Thamiel
Guarulhos, SP - Brasil
01.02.2021
12h43min

Submited by

segunda-feira, fevereiro 1, 2021 - 20:33

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 horas 35 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3557

Comentários

imagem de Ana Martins

PALAVRA NÃO IMPRESSA

Para mim o importante é a mensagem e a força com que ela é transmitida, claro que também escrevo com rima, mas tem que sair naturalmente, não busco palavras para rimar. Há por aqui poemas em que a rima se sente forçada, o que na minha humilde opinião, retira valor ao poema. Devo no entanto deixar claro que não é o seu caso.
Curiosamente, quando eu fazia questão de escrever com rima, era ainda estudante.
Gosto da fuildez das palavras e de sentir a sua força com ou sem rima.

Parabéns, gosto do que escreve!

imagem de Ana Martins

PALAVRA NÃO IMPRESSA

Bravo, excelente poema!
Já percebi que o J. Thamiel escreve quase sempre ou sempre em rima e, de facto, os poemas adquirem outra musicalidade, mas há muito que não faço questão de escrever com rima.

imagem de J. Thamiel

Eu escrevia também sem rima e

Eu escrevia também sem rima e sem ritmo
na é época do colegial. Quando comecei
a escrever textos para teatro, eu aprendi
a importância do ritmo.

Um dia, porém, eu estava no sítio dos meus
avós e comecei a reparar em uma borboleta,
que pousou no chão à minha frente, onde eu
estava sentado.

A minha respiração, (eu tinha bronquite)
coincidia com o abrir e fechar das asas
da borboleta; era no mesmo ritmo e o chiado
da minha respiração tinha sempre o mesmo
som. Eu, idiotamente, pensei: isto é uma
poesia, com ritmo e com riam.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral O POETA FERIDO 2 188 04/07/2021 - 15:42 Português
Poesia/Fantasia H A R M O N I A 4 258 04/07/2021 - 15:39 Português
Poesia/Geral A CHUVA MOLHA AS ALMAS DISTRAÍDAS 0 159 04/03/2021 - 16:13 Português
Poesia/Geral REFLEJO DE UNA GALLINA 0 100 03/11/2021 - 18:39 Espanhol
Poesia/Geral R E F L E X Ã O DE U M A G A L I N H A 0 230 03/11/2021 - 17:38 Português
Poesia/Desilusão D E S T I N O 0 328 03/10/2021 - 13:24 Português
Poesia/Fantasia R E V E R Ê C I A 0 434 02/28/2021 - 19:01 Português
Poesia/Amor PERDIDOS NO TEMPO 0 291 02/25/2021 - 22:55 Português
Poesia/Poetrix GUARULHOS HOJE 0 666 02/23/2021 - 20:03 Português
Poesia/Amor O MAIS BELO POEMA FEITO PARA VOCÊ 0 308 02/18/2021 - 20:19 Português
Poesia/Amor TUA BELEZA 0 193 02/15/2021 - 13:49 Português
Poesia/Amor O ETERNAMENTE 0 281 02/15/2021 - 12:39 Português
Poesia/Amor UMA ILUSÃO LETAL 1 268 02/13/2021 - 20:20 Português
Poesia/Geral JOSÉ DE TAL 1 105 02/10/2021 - 22:42 Português
Poesia/Geral CORAL DE MARMANJOS 1 149 02/10/2021 - 22:27 Português
Poesia/Geral E, AS VACAS ? 1 196 02/10/2021 - 22:20 Português
Poesia/Geral PORQUE ME TORNEI POETA 4 284 02/10/2021 - 12:36 Português
Poesia/Amor FLORES DE HORTELÃ 0 190 02/05/2021 - 23:55 Português
Poesia/Haikai VENTO ANDALUZ 0 205 02/05/2021 - 18:27 Português
Poesia/Fantasia SOLIDÃO - (Rimas interpoladas) 3 246 02/04/2021 - 10:24 Português
Poesia/Fantasia TROAM TROVAS TRIVIAIS 0 219 02/03/2021 - 20:44 Português
Poesia/Desilusão SONHO PERDIDO - (ensaio de rimas) 0 176 02/03/2021 - 18:56 Português
Poesia/Geral PALAVRA NÃO IMPRESSA 3 247 02/02/2021 - 17:12 Português
Poesia/Amor PAIXÃO 0 144 02/01/2021 - 20:03 Português
Poesia/Dedicado CASTRO ALVES, estrofes IV e V 4 396 01/29/2021 - 22:56 Português