CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

palavras

Quem disse?
Que nas entrelinhas
De um olhar,
Fica outro.
E o espaço que os separa
Prende-se o ar em silêncio.

Quem disse? Que as palavras
são efêmeras.

As palavras são soldados em tempos de guerra.

São a arma e a defesa.
A bala na terra de ninguém.
A morte e a vida,
O desvio súbito das magoas.

Quem disse? Que nesse espaço,
Na linha da frente,
Onde se observam,
Não vira o vento
E se espalham pra outro lado.

Quem disse? Que após,
Ficarem mudos,
Nada mudou. A vida prossegue,
E os olhares esganados,
Pela teimosia
De achar que não sabem o que dizer.

Quem disse que viveram?
Quem disse que naquele intervalo
Venceram, enfrentaram o medo,
Sem corromper o espaço.

Quem disse? Que na trincheira
Cavada nas cabeças,
se defende do mundo.
Quando as palavras curam
o espaço,
e os olhares,
guardam as palavras.

Quem disse? Que após um ato de bravura,
Na valentia de um passo dado,
Não se pisa um mina
Ou atravessa-se uma ponte.
Quem disse? Que o silêncio
É a forma mais breve de ser
a coragem que nos eleva.

Quem disse? Que no vazio
de uma mira está a outra
E na junção das duas
Estamos calados,
Sem entender o valor das palavras.

Disse um dia a paz,
Que começara em silêncio,
Porque se revelara num fosso,
De almas mortas
Sem palavras.

Submited by

quarta-feira, abril 1, 2020 - 04:18

Poesia :

No votes yet

Anaamorim

imagem de Anaamorim
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 5 dias
Membro desde: 03/21/2012
Conteúdos:
Pontos: 817

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Anaamorim

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral ventos 0 60 05/14/2020 - 05:01 Português
Poesia/Geral Mundos 0 69 05/10/2020 - 16:30 Português
Poesia/Geral precisar 0 55 05/07/2020 - 01:25 Português
Poesia/Geral Lavagem 0 210 04/09/2020 - 04:13 Português
Poesia/Geral palavras 0 117 04/01/2020 - 04:18 Português
Poesia/Geral Fenix 0 193 02/26/2020 - 12:05 Português
Poesia/Geral tempos 0 145 01/07/2020 - 00:30 Português
Poesia/Geral muda 0 227 12/28/2019 - 21:23 Português
Poesia/Geral contratempo 0 160 12/27/2019 - 14:04 Português
Poesia/Geral já fui 0 280 12/05/2019 - 20:32 Português
Poesia/Geral aLimite 0 264 11/16/2019 - 05:37 Português
Poesia/Geral passados 0 261 10/29/2019 - 14:39 Português
Poesia/Geral brechas do silencio 1 965 10/22/2019 - 11:08 Português
Poesia/Geral escrever-te 1 358 10/22/2019 - 11:08 Português
Poesia/Geral overthink 0 384 09/30/2019 - 02:15 inglês
Poesia/Geral livre 0 269 09/22/2019 - 03:08 Português
Poesia/Geral ida 0 271 09/12/2019 - 04:05 Português
Poesia/Geral insonia 0 327 09/05/2019 - 16:00 Português
Poesia/Geral Três passos. 0 277 09/04/2019 - 03:39 Português
Poesia/Geral cotovia. Formas de vida num espaço. palavras inventadas com o meu significado. 0 328 09/03/2019 - 17:29 Português
Poesia/Geral Entre um ponto e o outro. 0 514 08/29/2019 - 16:44 Português
Poesia/Geral Não sou ninguém 0 364 08/27/2019 - 14:09 Português
Poesia/Geral perdas 0 299 08/26/2019 - 02:17 Português
Poesia/Geral Paredes 1 519 08/22/2019 - 13:15 Português
Poesia/Geral raizes 0 326 08/15/2019 - 14:16 Português