CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

PARA QUÊ MATAR?

Para quê matar?

 

A vida já não é nada,

Mata-se por tudo e por nada,

Já não é um tesouro nem tem valor,

Não existem sentimentos de amor,

Mata-se por inveja ou vingança,

Ela já não tem segurança.

 

Onde estão os sentimentos?

Será que já não há pensamentos?

Será que se mata por prazer?

Será que alguém mata apenas,

E a vida é das coisas mais pequenas?

 

Mata-se um ser humano como uma mosca,

Como se ele fosse uma coisa tosca,

Será que se pensa que se torna a nascer?

A vida é só uma para se viver,

Quem mata será que não pensa

Que a morte e o crime não compensa?

 

Já não sei o que pensar,

Ao sentir que a vida se pode matar,

Sem pensar que o amor morre também,

Quando se mata alguém,

Mata-se filhos e matam-se pais,

Será que isto não será demais?

 

Os assassinos não podem viver,

Quem mata tem de morrer,

Não merece sequer ter nascido,

Seria melhor não ter existido,

Faça-se justiça aos assassinos,

Que matam velhos e pequeninos.

 

Matar para quê,

Se um dia todos nós vamos morrer?

Antecipar a morte é uma traição,

Que se faz a qualquer coração,

Que deixa de amar sem querer,

Porque alguém o fez morrer.

 

Tavira,21/11/2012-Estêvão

 

Submited by

quarta-feira, agosto 10, 2016 - 09:53

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 20 semanas 5 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Comentários

imagem de J. Thamiel

Comentando

Que todos tivessem os mesmos sentimentos...

imagem de José Custódio Estêvão

Poema

Obrigado pelo comentário.
Um abraço
Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão

Poema

Obrigado pelo seu comentário
Um abraço
Estêvão

imagem de poetadoabc

Matar para quê?

Desde Abel e Caim, que o mundo é assim!

Bela poesia, amigo poeta! Abraço

imagem de José Custódio Estêvão

Poema

Obrigado pelo seu comentário
Um abraço
Estêvão

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 720 02/24/2019 - 17:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 608 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 557 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.061 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.152 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.128 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 923 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.185 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.259 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 681 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 799 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 893 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 886 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.265 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 992 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 743 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 882 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 774 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 808 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 827 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 879 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.767 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.573 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 911 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 871 12/07/2016 - 12:01 Português