CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Pare de agradar os ingratos

Perdemos muito tempo de nossas vidas
Tentando agradar pessoas ingratas
Como se dependêssemos delas
O nosso precioso tempo
Jogado fora por nada.

Passamos muito tempo fazendo a coisa certa
Mas para as pessoas erradas
E isso corrói a nossa alma
Causa dor e desilusão
Toma o tempo que poderíamos viver.

Pare de agradar os ingratos
De perder tempo com quem não quer nada
Deixe que vivam suas vidas medíocres
Que andem nos caminhos escolhidos
Nas suas próprias desilusões.

A ingratidão fere a alma
Torna-nos desprezíveis aos olhos
De quem não sabe valorizar as nossas escolhas
E o que fazemos por elas.

Por isso não perca mais o seu tempo
Tentando fazer as coisas
Para agradar as pessoas ingratas
E não seja mais servo dos folgados
Que só querem sugar as nossas energias.

Faça sua vida valer a pena
Valorize quem te valoriza
Seja gentil sempre
E terás uma vida digna de viver.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, abril 6, 2022 - 22:52

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 22 horas 42 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 8376

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção A escória da humanidade 3 33 08/11/2022 - 20:18 Português
Poesia/Desilusão Perdido nas ruas 3 69 08/10/2022 - 19:49 Português
Poesia/Pensamentos Poesia, melodia e fantasia 3 54 08/09/2022 - 23:48 Português
Poesia/Desilusão Vacilo 3 46 08/09/2022 - 19:55 Português
Poesia/Amor Onde está meu coração 3 80 08/08/2022 - 13:22 Português
Poesia/Meditação A Solidão e o Cativeiro 3 82 08/05/2022 - 19:59 Português
Poesia/Intervenção Realidade inquietante 3 79 08/04/2022 - 20:55 Português
Poesia/Desilusão Que essa ilusão morra enquanto ainda é esperança 3 95 08/03/2022 - 20:40 Português
Poesia/Amor Deixei a tarde para você 3 58 08/02/2022 - 19:04 Português
Poesia/Meditação Calmaria para o coração 3 146 08/01/2022 - 12:56 Português
Poesia/Desilusão A morte é só pedra do esquecimento 3 150 07/30/2022 - 12:48 Português
Poesia/Amor Te amei sem que eu o soubesse 3 184 07/29/2022 - 13:56 Português
Poesia/Desilusão Tento voar 3 62 07/28/2022 - 15:15 Português
Poesia/Intervenção Escravos Institucionalizados 3 105 07/27/2022 - 13:34 Português
Poesia/Amor E se eu não conseguir ler 3 133 07/25/2022 - 19:17 Português
Fotos/Artes Dia Nacional do Escritor 0 45 07/25/2022 - 12:48 Português
Poesia/Amor Quando aprendi a te amar 3 119 07/23/2022 - 13:58 Português
Poesia/Intervenção Em uma rua qualquer de algum lugar 3 99 07/22/2022 - 13:19 Português
Poesia/Intervenção Para onde caminha a humanidade? 3 284 07/21/2022 - 12:49 Português
Poesia/Meditação O melhor presente 3 94 07/20/2022 - 14:31 Português
Poesia/Intervenção A miséria que vira rotina 3 155 07/19/2022 - 22:09 Português
Poesia/Intervenção A metamorfose do futuro 3 315 07/19/2022 - 13:57 Português
Poesia/Amor No peito um coração que sorria 3 113 07/18/2022 - 22:33 Português
Poesia/Pensamentos Não tenho tempo a esperar 3 145 07/18/2022 - 12:46 Português
Videos/Poesia Tirado do fundo do poço - Vídeo 0 36 07/17/2022 - 15:41 Português