CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Pedrada!"

Ainda não sei de onde veio a pedra que me atingiu.
Apenas senti tontura.
Ainda não me caiu as fichas, nem mesmo entendi o porque.
Apenas me sinto mal com tudo isso.
Pago pelas escolhas erradas que cometi outrora.
Mais sei das coisas que perdi.
Hoje choro minhas mágoas.
Me destruindo lentamente sem ter opções de defesa.
Já nem sei quais atitudes tomar ou palavras dizer.
Mais o que a vidas nos ensina são coisas que não conseguimos entender.
Passo minha vida colhendo os frutos dos meus tropeços.
Engolindo as merdas que faço e contudo sobrevivendo com o sofrer.
Não bastasse tudo.
Ainda não conheço os caminhos.
São bifurcações nas quais me perdi.
Estradas que não construí e trilhas que não existem.
Gostaria apenas de saber se meu amanhã está chegando,pois nem sei mais o que fazer.
Cada dia seria um dia.
Mais para mim sempre uma nova luta.
Então durmamos, sonhemos, soframos e choremos.
Durmamos sem perspectiva.
Sonhemos sem expectativa.
Soframos sem sabedoria.
Choremos por toda vida.
Pois com isso nos tornamos lentamente humanos.

Verton Brandino Da Silva ,Colatina 20/08/2015

Submited by

quinta-feira, agosto 20, 2015 - 16:45

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 12 horas
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 976

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral "Reflexão de uma certa quinta!" 0 12 06/10/2021 - 00:11 Português
Poesia/Geral "Amanhã pode ser tarde!" 0 91 05/19/2021 - 23:25 Português
Poesia/Fantasia "Incógnita na tempestade!" 0 54 05/17/2021 - 12:53 Português
Poesia/Dedicado "Quem sabe,formiga?" 0 56 05/17/2021 - 12:48 Português
Poesia/Dedicado "Regando a felicidade!" 0 77 05/01/2021 - 10:35 Português
Poesia/Geral "Contar-te-ei!" 0 134 04/10/2021 - 15:45 Português
Poesia/Fantasia "Ex-calada! 0 114 04/08/2021 - 11:18 Português
Poesia/Geral "Passa tempo!" 2 138 04/08/2021 - 11:17 Português
Poesia/Desilusão "Com você!" 0 116 04/04/2021 - 13:00 Português
Poesia/Geral "Versos em Papel!" 2 213 04/04/2021 - 12:27 Português
Poesia/Desilusão "Partida!" 0 125 03/13/2021 - 12:03 Português
Poesia/Geral "Foi sorte!" 0 190 03/02/2021 - 19:20 Português
Poesia/Geral "Ter!" 0 154 02/21/2021 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia "O dia em que morri!" 0 155 02/19/2021 - 17:16 Português
Poesia/Fantasia "Além!" 2 320 02/13/2021 - 01:34 Português
Poesia/Pensamentos "Quem sabe!" 0 110 01/31/2021 - 01:52 Português
Poesia/Fantasia "Onde estão?" 2 270 01/31/2021 - 01:46 Português
Poesia/Geral "Indecisão!" 2 103 01/31/2021 - 01:43 Português
Poesia/Geral "Anjo bom!" 0 133 01/25/2021 - 10:57 Português
Poesia/Geral "Anjo sem asas!" 0 229 01/13/2021 - 19:37 Português
Poesia/Pensamentos "Vai entender!" 0 178 01/08/2021 - 18:54 Português
Poesia/Geral "MENSAGEM DE RÉVEILLON!" 0 162 12/31/2020 - 10:35 Português
Poesia/Dedicado "Doce rio!" 0 265 11/20/2020 - 01:40 Português
Poesia/Paixão "Tudo mudou!" 0 214 11/11/2020 - 16:00 Português
Poesia/Geral "Não conto contos!" 0 217 10/26/2020 - 11:00 Português