CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Perdido nas ruas

O silêncio dela era algo incomum
Estranho e assustador
Acostumado ao seu sorriso
Sua alegria que agora não se via
E não havia explicação
Nem mesmo calma ao coração.

Estrelas em fuga no céu
Anunciava o prelúdio de uma lembrança
Como se quisesse avisar
Que algo extraordinário pudesse acontecer
Que ninguém poderia imaginar
Quando o coração fica preso.

Perambulou perdido nas ruas
Tentando encontrar uma saída
Nas madrugadas frias da cidade
Apenas a solidão vinha fazer-lhe companhia
E a lembrança daquele sorriso
Podia ser visto nas lágrimas a cair.

Não ouviu mais a canção de outrora
E quase esqueceu de quem era
Se não fosse a fagulha no fundo do olhar
Poderia ter perdido toda a esperança
Mas, isso não aconteceu,
Porque no alvorecer pode ver ela sorrir.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, agosto 10, 2022 - 19:47

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 horas 14 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 8592

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor O que está preso no coração 3 41 10/04/2022 - 23:02 Português
Poesia/Meditação Virtudes do sangue de Cristo 3 72 10/03/2022 - 12:56 Português
Poesia/Intervenção Praga daninha 3 103 10/02/2022 - 14:02 Português
Poesia/Meditação Nada termina para sempre 3 115 10/01/2022 - 14:38 Português
Poesia/Intervenção Hipocrisia 3 241 09/26/2022 - 12:45 Português
Poesia/Desilusão Desejos mal resolvidos 3 146 09/24/2022 - 13:52 Português
Poesia/Desilusão Tudo o que não sei 3 53 09/22/2022 - 20:21 Português
Poesia/Amor No olhar de quem ama 3 42 09/20/2022 - 20:00 Português
Poesia/Desilusão A canção do esquecimento 3 90 09/19/2022 - 13:59 Português
Poesia/Fantasia Perigo 3 70 09/16/2022 - 12:51 Português
Poesia/Pensamentos Memórias impertinentes em uma caverna 3 129 09/14/2022 - 14:08 Português
Poesia/Desilusão Na tarde quente de verão 3 59 09/13/2022 - 19:12 Português
Poesia/Amor Seus olhos na manhã do tempo 3 179 09/12/2022 - 13:28 Português
Poesia/Meditação O menino que não sonhava em ser poeta 3 227 09/10/2022 - 02:35 Português
Poesia/Meditação Aqui não é aqui 3 91 09/09/2022 - 15:54 Português
Poesia/Meditação A estrada a seguir 3 108 09/08/2022 - 20:35 Português
Poesia/Meditação Em uma estúpida curva fechada 3 110 09/07/2022 - 13:44 Português
Poesia/Intervenção Velhos conhecidos já estão mortos 3 189 09/05/2022 - 13:16 Português
Poesia/Amor Eu e esse meu coração 3 127 08/31/2022 - 19:51 Português
Poesia/Meditação Amnésia 3 117 08/30/2022 - 19:39 Português
Poesia/Amor O mar é grande 3 84 08/29/2022 - 20:12 Português
Poesia/Amor O voo das borboletas 3 163 08/19/2022 - 19:53 Português
Poesia/Meditação O Deus que espera 3 114 08/17/2022 - 21:12 Português
Poesia/Pensamentos A sentinela 3 113 08/16/2022 - 20:06 Português
Poesia/Amor Quase sem querer 3 243 08/15/2022 - 13:34 Português