CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Poema ao sexo forte com gripe

Poema ao sexo forte com gripe

 

 

Ai Maria estou com gripe, parece que vou morrer,

Vê lá se tenho febre, o que me irá acontecer?

Tenho frio, traz-me um saco de água quente,

Não vês que estou doente?

Ó Maria traz-me cobertores,

Não vês que estou com frio e cheio de dores?

Traz-me leite quente e mel com limão,

Vê lá como bate tanto o meu coração.

Ó Maria apaga a televisão, dói-me a cabeça,

Não te esqueças nada do que te peça,

Vê lá se tenho febre, parece que estou a arder,

Será desta que vou morrer?

Ó Maria estou muito mal,

Nunca senti nada igual,

Tenho o corpo todo a tremer,

Até parece que já deixei de ver.

Ó Maria, não saias daqui,

Está sempre ao pé de mim,

Não me deixes sozinho mulher,

Que posso morrer a um momento qualquer.

Ó Maria, quero mijar, traz-me o penico,

Não consigo levantar-me, estou num fanico,

Estou tão doente Maria,

Já não sei se é de noite ou de dia.

Ó Maria, traz-me o crucifixo para a cabeceira,

E um copo com água da torneira,

Põe panos frios na minha testa,

Ai mulher parece me vou desta.

Ó Maria chama o doutor,

Não aguento mais esta dor,

Chama o doutor muito depressa,

Entretanto, põe panos na minha testa.

Ó Maria faz-me papas de linhaça,

Para ver se esta febre me passa,

Não fales não digas nada,

A luz está acesa mas vejo-a apagada.

Ó Maria, não me deixes aqui sozinho,

Já vejo a morte tão pertinho,

Vejo o diabo para me levar,

Não o deixes cá entrar.

Ó Maria, perdoa-me todo o mal que te fiz,

Estou quase a morrer a morte me diz,

Que me vai separar de ti, mulher,

Ficas viúva para outro qualquer.

Ai Maria, dá-me um beijo de despedida,

Esta gripe malvada me leva de vencida,

Dá-me agora a tua mão,

Reza por mim uma oração.

Ó Maria tenho sono quero dormir,

Já não vou acordar, vou partir,

Mas não me deixes de aquecer,

Ai Maria que vou morrer.

 

 

Tavira, 10 de Fevereiro de 2011 -Estêvão

 

Submited by

quinta-feira, março 22, 2012 - 11:40

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 16 semanas 4 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de KeilaPatricia

Muito bom... Bjs na

Muito bom...

Bjs na alma,

Keila... .....)...(@

:)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 337 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 208 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 256 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.387 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 887 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.149 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.677 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.358 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.978 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.312 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.719 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.720 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 961 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.153 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.134 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.357 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.717 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.384 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 964 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.539 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.072 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.187 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.044 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.240 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.149 12/21/2016 - 10:58 Português