CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

POETA NÃO SE FAZ, POETA NASCE

A inspiração é uma flecha a zunir
que veloz translada pelo espaço.
Ela não sabe quem vai atingir:
um coração de carne ou de aço.

Ela carrega do amor a suavidade e a leveza,
e por ser ela, da inspiração uma seta,
vai ferir com certeza
o coração de um poeta.

O poeta ferido não sabe como agir
e vê destilar do ferimento um precioso licor
ele não sabe se chora, ou se de dor sorri,
quando começa brotar os versos falando de amor.

Também não entende porque ele escreveu.
Mas a felicidade o invade e ele cai em si.
Pode ter escrito apenas para deleite seu.
Mas alguém lê, e toma o poema para si.

As doces palavras sua carência embala,
e sentindo a beleza do poema, sorri enfim,
e seu coração transbordando de alegria fala:
tenho certeza que foi escrito para mim.

O poeta percebe então que é um inocente fingido,
que se expõe e se revela com mais de uma face.
Mas não carrega nenhuma culpa. Ele é redimido
porque poeta não se faz,, poeta nasce.

J. Thamiel
Guarulhos, 24.08.2020

Submited by

terça-feira, agosto 25, 2020 - 16:23

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 7 horas
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3581

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Geral CONHEÇA-TE 0 2.067 05/06/2016 - 13:12 Português
Poesia/Geral O TEMPO PASSA 0 1.017 05/06/2016 - 12:46 Português
Poesia/Geral FEZ-SE A LUZ 0 1.453 04/09/2018 - 18:49 Português
Poesia/Geral O POETA QUE VEIO DO FRIO 0 3.003 07/17/2019 - 14:21 Português
Poesia/Geral REFLEXÃO DE UM PIRILAMPO 0 776 07/13/2019 - 15:47 Português
Poesia/Geral A M É M 0 1.046 07/09/2019 - 15:38 Português
Poesia/Pensamentos PALAVRAS 0 2.129 05/07/2016 - 20:56 Português
Poesia/Desilusão AGORA É SAUDADE 0 282 04/21/2021 - 15:14 Português
Poesia/Geral L U T A 0 1.119 04/10/2018 - 16:26 Português
Poesia/Amor Ao Meu querido irmão 0 1.006 05/07/2016 - 18:40 Português
Poesia/Geral A CHUVA MOLHA AS ALMAS DISTRAÍDAS 0 258 04/03/2021 - 16:13 Português
Poesia/Geral REFLEJO DE UNA GALLINA 0 269 03/11/2021 - 18:39 Espanhol
Poesia/Geral R E F L E X Ã O DE U M A G A L I N H A 0 378 03/11/2021 - 17:38 Português
Poesia/Desilusão D E S T I N O 0 465 03/10/2021 - 13:24 Português
Poesia/Desilusão ESTRANHA ESTÓRIA, NÃO É AMOR? 0 1.246 07/05/2017 - 22:10 Português
Poesia/Geral EL TIEMPO 0 2.031 09/26/2018 - 17:13 Espanhol
Poesia/Desilusão SONHO PERDIDO - (ensaio de rimas) 0 253 02/03/2021 - 18:56 Português
Poesia/Geral MEUS VERSOS TALVEZ TE AGRADEM... 0 2.586 05/06/2016 - 12:32 Português
Poesia/Geral DELÍRIO DO ÍNDIO PYATÃ 0 38 06/11/2021 - 19:40 Português
Poesia/Geral L U T A 0 1.974 04/10/2018 - 23:21 Espanhol
Poesia/Fantasia R E V E R Ê C I A 0 515 02/28/2021 - 19:01 Português
Poesia/Geral REFLEJO DE UNA GALINNA 0 306 05/05/2021 - 16:46 Português
Poesia/Poetrix GUARULHOS HOJE 0 761 02/23/2021 - 20:03 Português
Poesia/Geral AMANHÃ TEM MAIS 0 2.193 06/23/2019 - 15:26 Português
Poesia/Geral SE EU TIVESSE UMA BOIADA... 0 1.133 04/03/2018 - 13:40 Português