CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

POETISA ASSASSINA

Não havia palavras na folha a ser impressa.
Havia uma ansiedade procurando a rima.
Havia uma ideia capital que morava nessa
poetisa amorosa, inocente assassina.

Na folha a ser impressa, palavras... jamais.
Somente a intuição que vinha lá de cima.
Havia uma procura demoníaca e fugaz;
uma corrida insana à cata de uma rima.

Uma palavra ganhou vida e podia ser impressa,
e como rebento novo no papel apareceu.
Mas, como não havia uma rima para essa,
a poetisa a matou e ninguém a conheceu.

Era palavra de amor, saudade ou perdão?
Ou seria inexata, utópica, ambígua, irreal?
Enaltecia a vergonha, o suborno ou a prisão?
Poderia ser usada para o bem e para o mal?

Você sabia que o ovo é um palíndromo?

jthamiel
04.07.16
09:28h

Submited by

segunda-feira, julho 4, 2016 - 12:52

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Online
Título: Membro
Última vez online: há 1 hora 25 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3336

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Gótico EU MORRI... VOCÊ MORREU... 0 1.200 08/20/2016 - 11:50 Português
Poesia/Meditação AS FORMIGAS 0 5.245 08/22/2016 - 11:09 Português
Poesia/Aldravias A VIRGEM 0 813 08/22/2016 - 22:46 Português
Poesia/Geral O POETA NÃO PRECISA VIVER 0 877 08/23/2016 - 23:43 Português
Poesia/Fantasia CÉU EM POESIA 0 574 08/25/2016 - 18:56 Português
Poesia/Geral RIMA PARA "LÉXICO" 0 443 08/26/2016 - 11:08 Português
Prosas/Outros ALESSANDRA NÃO GOSTA DE AZEITONAS 0 1.073 08/26/2016 - 15:59 Português
Poesia/Fantasia PAREIDOLIA 0 549 08/27/2016 - 01:39 Português
Poesia/Fantasia O poema foi retirado 2 661 08/27/2016 - 20:42 Português
Poesia/Amor SENTIMENTOS 0 796 08/29/2016 - 13:09 Português
Poesia/Amor DOIS DEDINHOS DE PROSA 0 758 08/30/2016 - 14:33 Português
Poesia/Geral ENKI, o senhor das águas 0 696 08/31/2016 - 13:48 Português
Poesia/Alegria VIVA MEU BRASIL - (NÃO FOI GOLPE) 0 429 08/31/2016 - 16:50 Português
Poesia/Geral SINESTESIAS METAFÓRICAS 0 417 09/01/2016 - 12:56 Português
Poesia/Meditação JANELAS PRONOMINAIS 0 1.136 09/02/2016 - 12:40 Português
Poesia/Meditação O DIA EM QUE O MUNDO ACABOU 0 581 09/04/2016 - 20:57 Português
Poesia/Geral QUEM NÃO TRABUCA, NÃO MANDUCA 0 404 09/05/2016 - 22:39 Português
Poesia/Meditação BOA NOITE, ATEU. 0 2.468 09/08/2016 - 03:25 Português
Poesia/Meditação NADA A FAZER 0 906 09/09/2016 - 17:16 Português
Poesia/Geral O BAÚ E O JARRO - (Curiosidade de criança) 0 951 09/13/2016 - 11:14 Português
Poesia/Meditação BELIEVE OR NOT BELIEVE? 0 949 09/14/2016 - 16:44 Português
Poesia/Meditação CRER OU NÃO CRER 0 373 09/14/2016 - 21:23 Português
Poesia/Geral O POETA PERDIDO 0 651 09/15/2016 - 11:20 Português
Poesia/Amor O TEU PERDÃO 0 1.211 09/15/2016 - 17:50 Português
Poesia/Geral NÃO SEI O QUE ESCREVER 0 962 09/16/2016 - 17:27 Português