CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

POR QUE A VIDA É ASSIM

*****

POR QUE A VIDA É ASSIM

em cada raiar despeço-me da vida
brindo-a numa toada que só escuto
composta em resposta à febril lida
que canto num recanto indissoluto

ela diz de solidão a tal ferida
da estrela solitária em dia de luto
que reluz na lágrima duma escrita
da olheira, da canseira qual refuto

do solo artístico de um ser que grita
se agita em cenas de não ser arguto
na estação certa do mor vero fruto

que por si mesma já se me contrita
a efêmera dor plural toa incontida
no silvo vindo enganar meu imo astuto

*****

Submited by

sexta-feira, junho 29, 2012 - 23:57

Poesia :

Your rating: None (6 votes)

REHGGE

imagem de REHGGE
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 39 semanas
Membro desde: 06/08/2012
Conteúdos:
Pontos: 200

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of REHGGE

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral um toque de sensibilidade. 1 393 02/28/2018 - 20:20 Português
Ministério da Poesia/Fantasia QUEM SABE SE EU TIVESSE O DOM 0 2.579 05/01/2013 - 01:17 inglês
Poesia/Erótico (in)CONCLUSO. 0 2.337 03/31/2013 - 22:11 inglês
Poesia/Erótico (in)CONCLUSO. 0 2.032 03/31/2013 - 22:11 inglês
Ministério da Poesia/Dedicado homenagem a Júlio Saraiva, maluco, poeta e jornalista 1 3.237 03/26/2013 - 12:45 Português
Poesia/Intervenção bananas, ó 0 3.083 02/12/2013 - 23:08 Português
Poesia/Geral do tempo decrescente. 0 2.913 02/12/2013 - 17:59 Português
Poesia/Erótico (in)concluso. 0 2.680 02/11/2013 - 23:38 Português
Poesia/Dedicado nem só de poemas vive o poeta, mas de todo sonho possível. 0 2.848 12/15/2012 - 23:16 Português
Poesia/Amor AREALVA 0 3.041 12/02/2012 - 00:54 Português
Ministério da Poesia/Geral mãos. 0 2.858 11/24/2012 - 17:30 Português
Poesia/Geral águas passadiças. 0 3.040 11/24/2012 - 17:18 Português
Poesia/Soneto 2 sonetos ordinários numa noite não menos ordinária no Bairro do Bixiga, SP. 0 3.162 08/12/2012 - 00:34 Português
Poesia/Intervenção da corrupção. 1 3.296 08/01/2012 - 22:31 inglês
Ministério da Poesia/Soneto à face do dia. 0 2.817 07/29/2012 - 23:07 Português
Poesia/Geral O CANTO DO UIRAPURU 0 3.008 07/27/2012 - 23:27 Português
Ministério da Poesia/Desilusão FLOR DE CACTO // flor de cactus 0 3.134 07/16/2012 - 00:42 Português
Poesia/Dedicado CANÇÃO AO MEU QUERIDO BRASIL 1 2.608 07/09/2012 - 08:02 Português
Poesia/Geral Que saudade de tudo que reside em mim 0 2.775 07/06/2012 - 23:46 Português
Poesia/Soneto POR QUE A VIDA É ASSIM 0 2.864 06/29/2012 - 23:57 Português
Poesia/Geral e o barco vai... 0 3.143 06/27/2012 - 00:14 Português
Poesia/Intervenção Forró do H2O 0 2.765 06/24/2012 - 02:42 Português
Poesia/Geral POEMINHAS E QUADRINHAS INFANTIS - 4 0 5.371 06/23/2012 - 16:42 Português
Fotos/ - yo. 0 1.676 06/23/2012 - 02:50 inglês
Fotos/ - no campo 0 1.333 06/23/2012 - 02:40 inglês