CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

QUANTO DÓI UMA AUSÊNCIA

Ainda
que o pensamento
a ti me conduza,
a tristeza é o meu caminhar.

Ainda
que meu coração
continue a sangrar,
sorrio-te com saudade.

Ainda
que olhe insistentemente
para o telemóvel
e nem uma mensagem tua entre,
fico na solidão
à espera que quebres
o teu silêncio que me magoa.

Ainda
que continue
noite após noite
a chamar-te
sem que me ouças,
recordo tua voz de menino
quando procuravas o meu colo.

Mesmo
que meus olhos
pareçam batatas de tanto chorar,
há uma alegria de ser tua mãe
que nem a tua distância fria esmorece.

Por mais latente
e mais forte que seja
este meu desespero
de te querer dizer olá meu filho,
nada vezes nada
se compara ao amor
que por ti nutro.

Quando um dia partir,
saberás quanto dói uma ausência!
 

Submited by

domingo, janeiro 30, 2011 - 23:11

Poesia :

No votes yet

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 27 semanas 5 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de MarneDulinski

Comentário/Quando dói uma ausência

Lindo, triste e ao mesmo tempo maravilhoso Poema mensagem!

Gostei muito!

Meus parabéns,

Marne

imagem de mariamateus

Olá..............

Marne!!

Que bom receber uma mensagem sua.....

Não tenho tido tempo que chegue para vir aqui,

 Não estou ainda bem dentro  do ritimo deste novo site.....

Beijinho grande!*****smiley

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.153 02/26/2018 - 12:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.572 07/01/2013 - 20:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.442 04/01/2013 - 08:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.643 03/30/2013 - 19:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.081 03/25/2013 - 17:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.202 03/16/2013 - 21:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.441 03/08/2013 - 20:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 892 03/08/2013 - 01:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.685 03/05/2013 - 21:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.330 03/05/2013 - 21:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.120 03/02/2013 - 00:09 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 886 02/11/2013 - 12:26 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.314 02/07/2013 - 14:34 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.650 01/14/2013 - 21:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.756 12/09/2012 - 17:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.504 12/08/2012 - 23:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.187 12/07/2012 - 15:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.791 12/06/2012 - 19:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.451 12/06/2012 - 18:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.468 12/04/2012 - 18:11 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.882 11/29/2012 - 19:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.287 11/26/2012 - 18:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.980 09/30/2012 - 21:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.907 09/25/2012 - 01:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.583 09/18/2012 - 21:32 Português