CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Queria tanto

Outra vez
As palavras são como martelos
A esmiuçar o meu ser
Fazendo-me soltar gritos
Que sente o meu coração…
Uma grande dor!

Golpes brutais
Dilaceram os meus sonhos
Aqueles que sempre tive com você.

O que abraça o meu corpo
É a agonia,
O medo de perder-te
E a saudade tomar conta de mim.

Liberte-me!
Solte-me dessas correntes
Que sejam golpeados os grilhões
Que prendem a minha alma.

O espelho revela-me
A dor que está em meus olhos
A infelicidade
Que transtorna-me silenciosamente.

Eu ainda te amo
Com aquele amor tão profundo
Que revela os meus olhos.

E eu queria tanto
Que seus olhos brilhassem para mim
Que visse o meu sentimento
E aceitasse-me junto a ti.

Andaria eu por toda terra
Saltando de alegria
Pela felicidade em encontrar-te.

Mas, todo esse esforço é vão
Se seus olhos já não estão aqui
Minhas palavras são soltas ao vento
Da desilusão...

Poema: Odair José, o Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quarta-feira, maio 16, 2018 - 01:59

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 21 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3162

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Antes que o coração pare de bater 1 14 01/21/2019 - 16:45 Português
Poesia/Amor Meu amor não foi desejo 0 13 01/20/2019 - 12:47 Português
Poesia/Pensamentos Já não quero nem saber 0 20 01/14/2019 - 18:44 Português
Poesia/Amor Esse medo terrível de amar outra vez! 0 20 01/11/2019 - 12:15 Português
Poesia/Amor Só não quero que você saiba 0 34 01/05/2019 - 11:52 Português
Poesia/Amor A estrela mais bonita 0 55 01/02/2019 - 13:50 Português
Poesia/Amor Pacto 0 91 12/29/2018 - 11:20 Português
Poesia/Pensamentos Buraco negro de uma eterna solidão 0 62 12/27/2018 - 20:13 Português
Poesia/Paixão Desejo e paixão 0 77 12/25/2018 - 21:30 Português
Poesia/Meditação O uivo do chacal 0 109 12/23/2018 - 13:26 Português
Poesia/Desilusão Pouco pior que um homem 0 93 12/11/2018 - 23:16 Português
Poesia/Desilusão Na manhã do tempo 0 86 12/09/2018 - 13:25 Português
Poesia/Paixão Um dia quem sabe 0 81 12/08/2018 - 14:38 Português
Poesia/Desilusão A última mensagem visualizada 0 79 11/21/2018 - 21:33 Português
Poesia/Tristeza A dor do amor depois da partida 0 209 11/15/2018 - 14:20 Português
Poesia/Desilusão Poemas esquecidos numa noite qualquer 0 188 10/30/2018 - 23:47 Português
Poesia/Paixão Aceito a punição desse pecado 0 85 10/29/2018 - 23:56 Português
Poesia/Tristeza Agonia e êxtase 0 193 10/24/2018 - 23:59 Português
Poesia/Paixão Ah! Esse Desejo... 0 223 10/24/2018 - 23:11 Português
Poesia/Pensamentos Esgotamento mental 0 128 10/22/2018 - 22:33 Português
Poesia/Desilusão Coração insensível 0 292 10/13/2018 - 00:01 Português
Poesia/Tristeza Desfiladeiro 0 205 09/26/2018 - 23:48 Português
Poesia/Amor A brisa suave lá fora 0 155 09/25/2018 - 23:56 Português
Poesia/Amor Ao acordar ainda senti o seu perfume 0 184 09/25/2018 - 23:31 Português
Prosas/Contos O senhor acabou com a vida da minha mãe 0 186 09/18/2018 - 00:47 Português