CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Resistência

Não sinto minhas mãos
Estão paralisadas, atrofiadas, algemadas
E minha voz sufocada
Já não posso gritar a revolução.

Não há manifestações
Que possam romper a crueldade
A maldade, a infelicidade
De gente sem afeto nos corações.

Já não tem remédios com que venha curar
Tamanha ignorância social
De gente tão propensa ao mal
Que destroem os que procuram amar.

Eu quero abrir meu coração
Falar do grande desastre racional
De um mundo tão radical
Que fere na alma a emoção.

Sou um ser humano sonhador
Que um mundo melhor deseja
Para os meus filhos almeja
Um mundo repleto de amor.

Mas onde esse amor se pode encontrar?
Se a maioria não busca viver
Se a maioria não quer nem saber
E nem ao próximo deseja amar?

Não deixarei que destruam os sonhos meus
Nem que a minha voz se faça calar
Aos quatro cantos do mundo vou gritar
Que não acabem com os planos seus.

Vamos uma sociedade justa organizar
Com ousadia e resistência
Lutar com persistência
Para um mundo melhor ao futuro deixar.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

domingo, fevereiro 17, 2019 - 13:21

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 8 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4110

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Este olhar que revela o coração 0 652 05/04/2016 - 23:34 Português
Poesia/Amor Quero apenas falar de amor 0 531 04/25/2016 - 18:44 Português
Poesia/Desilusão Derradeiro suspiro de amor 0 309 04/06/2016 - 23:51 Português
Poesia/Meditação Não é o sábio que vai entender esse mundo 0 362 04/06/2016 - 23:49 Português
Poesia/Amor Esperança nesse olhar 0 395 04/06/2016 - 23:48 Português
Poesia/Amor Amor em forma de versos 0 797 03/15/2016 - 18:07 Português
Poesia/Amor Meu amor por você é tanto 0 470 02/20/2016 - 18:41 Português
Poesia/Desilusão Tropeço 0 658 02/20/2016 - 18:40 Português
Poesia/Amor Palavras certas 0 350 02/13/2016 - 13:29 Português
Poesia/Amor Olhos distantes 0 367 02/13/2016 - 13:27 Português
Poesia/Amor Negue-me seu amor 0 789 02/13/2016 - 13:26 Português
Poesia/Amor Na noite serena do tempo 2 374 02/10/2016 - 22:14 Português
Poesia/Meditação Responda-me, se puder 0 525 02/10/2016 - 22:13 Português
Poesia/Amor Se for para viver esse amor 0 318 01/22/2016 - 17:08 Português
Poesia/Amor O sorriso que vem do coração 0 431 01/22/2016 - 17:07 Português
Poesia/Meditação A vida do homem sem Deus 0 350 01/20/2016 - 17:15 Português
Poesia/Amor A beleza do seu coração 0 630 01/20/2016 - 17:13 Português
Poesia/Amor Por amor 0 368 01/20/2016 - 17:11 Português
Fotos/Natureza Uma Eternidade Numa Pequena Fração de Tempo 0 1.060 01/12/2016 - 19:08 Português
Poesia/Meditação Controle 0 359 01/12/2016 - 19:02 Português
Críticas/Filmes Solidão e desespero do homem sem Deus – Uma análise do filme Taxi Driver 0 3.947 01/08/2016 - 18:14 Português
Poesia/Amor Uma Eternidade Numa Pequena Fração de Tempo 0 369 01/08/2016 - 18:05 Português
Poesia/Amor Como os ponteiros de um relógio 0 494 01/08/2016 - 18:03 Português
Poesia/Meditação A Pedra 0 569 01/06/2016 - 19:59 Português
Poesia/Amor A melodia de uma canção eterna 0 904 01/04/2016 - 21:03 Português