CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ressurgir

Floresceu em mim uma metade
Sumida entre um agreste rochedo
Enegrecido pelo amor triste e ledo
Que deixou uma aragem a saudade

Vi crescer ali com olhos de novidade
Boa verdura e natureza sem medo
Numa serrania vi a Márcia Roboredo
Que deidade tão bela e de tenra idade

Parecia uma quimera fugaz da imaginação
Onde não seria possível idolatra-la por contacto
Só em devaneios possuía seu belo coração

E eu percorria tal verdura com a visão e olfacto
Para ver se era possuído por aquela sensação
Só mais uma vez …mesmo sem o uso do tacto...

Eternamente Luís Camões

Submited by

quarta-feira, março 18, 2009 - 21:22

Poesia :

No votes yet

camoes

imagem de camoes
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 6 anos 47 semanas
Membro desde: 01/15/2009
Conteúdos:
Pontos: 186

Comentários

imagem de Henrique

Re: Ressurgir

Um poema bem escrito e inspirado, gostei!!! :-)

imagem de KeilaPatricia

Re: Ressurgir

Linda declaração parabens aos dois apaixonados...

Bjs...

imagem de Marcia

Re: Ressurgir

Obrigada meu amor!
É uma honra,o facto de me dedicares um poema, simplesmente a tua maneira de escrever é única e perfeita, no que depender de mim jamais esconderás o teu dom,que é maravilhoso!
Entretanto como sempre,adoro muito o poema.
Amo-te bébé :-)
beijinhos *

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of camoes

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral O rotineiro poema 2 602 05/23/2011 - 14:55 Português
Videos/Perfil 227 0 531 11/24/2010 - 22:51 Português
Videos/Perfil 226 0 689 11/24/2010 - 22:51 Português
Videos/Perfil 223 0 667 11/24/2010 - 22:51 Português
Fotos/ - Luís Camões 0 1.350 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - Luís Camões 0 732 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 824 0 805 11/24/2010 - 00:35 Português
Fotos/ - 825 0 810 11/24/2010 - 00:35 Português
Poesia/Amizade AMIZADE AUTÊNTICA 0 491 11/17/2010 - 23:16 Português
Poesia/Aforismo {Empty title} 0 501 11/17/2010 - 23:16 Português
Poesia/Soneto EU SOU AQUELE 2 430 03/06/2010 - 23:45 Português
Poesia/Geral DEAMBULAVA PELAS VIELAS 3 463 03/06/2010 - 15:26 Português
Poesia/Geral Levem-me as palavras,deixem-me a saudade 2 360 03/05/2010 - 03:30 Português
Poesia/Dedicado Ressurgir 3 517 03/04/2010 - 19:30 Português
Poesia/Amor FOLHA RUBRA 1 510 03/04/2010 - 16:12 Português
Poesia/Geral Ah! Como queria ter um belo barquinho 2 625 03/04/2010 - 12:59 Português
Poesia/Soneto A GUERRA 4 518 03/03/2010 - 19:14 Português
Poesia/Intervenção OPULENTOS E ESTADISTAS 1 490 03/03/2010 - 15:56 Português
Poesia/Soneto EM VÃO 3 344 03/03/2010 - 15:34 Português
Poesia/Soneto LAMPEJOS D’ ALMA 1 371 03/03/2010 - 15:33 Português
Poesia/Erótico O FESTIM RUBRO 2 402 03/03/2010 - 15:28 Português
Poesia/Soneto O CÁLICE SONORO 3 399 03/03/2010 - 15:05 Português
Poesia/Soneto AS FLORES DO ARCO-ÍRIS 3 460 03/03/2010 - 03:53 Português
Poesia/Geral AS DOZE HORAS DE VIAGEM 2 542 03/02/2010 - 20:29 Português
Poesia/Soneto APROVEITA A OPORTUNIDADE 2 440 03/02/2010 - 20:16 Português