CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SÓ ETERNAMENTE

Tu és poesia até quando eu acordo sonolento.
O lençol azul é o mar onde descansa o teu corpo.
A cortina da janela balança feito vela e se esfrega no vento.
Quero em ti me socorrer e ancorar, porque és meu porto.
                                                                    
Na catedral que espeta o céu com majestade,
o órgão e o coral se afinam em são louvor.
Explodem os sinos cantando badalação para a cidade
que amanhece nas luzes, nas cores, nas flores, no amor.

E, quando chego à janela que passou a noite aberta,
olho para a cama e você está exposta sorridente.
O ínterim se excita, não dormes, és desperta.
Ah! Se esse momento fosse só eternamente!

Eu fui esta semana parado em uma 'blitz',
saiba o que aconteceu
jthamiel
09.06.16
21:16h

Submited by

sábado, junho 11, 2016 - 12:31

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 7 semanas 2 dias
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 3642

Comentários

imagem de J. Thamiel

Comentando

Quando sabemos que acessam o que escrevo,
me sinto impulsionada a produzir mais.
A poesia é uma forma vibrante de se
comunicar com outras pessoas que tem
almas semelhantes às nossas.
A poesia é uma 'animalogia' (estudo da alma)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor LA FELICIDAD 0 829 12/15/2017 - 13:43 Português
Poesia/Geral Q U A N D O ? 0 1.535 12/12/2017 - 15:39 Português
Poesia/Dedicado A COMIDA DA MAMÃE 0 885 12/07/2017 - 12:57 Português
Poesia/Geral QUAL A RIMA? 0 1.038 12/05/2017 - 16:02 Português
Poesia/Meditação PERDIDO 0 930 12/02/2017 - 17:09 Português
Poesia/Geral VAIDADE VÃ 3 914 12/02/2017 - 16:33 Português
Poesia/Geral PARABÉNS 0 935 11/29/2017 - 10:05 Português
Poesia/Fantasia POETA UNIVERSAL 0 1.556 11/28/2017 - 14:15 Português
Poesia/Dedicado CASTRO ALVES e eu 3 1.825 11/26/2017 - 02:34 Português
Poesia/Desilusão HORAS VAZIAS 0 1.528 11/25/2017 - 10:34 Português
Poesia/Geral VIDA SIMPLES 1 2.147 11/23/2017 - 13:46 Português
Poesia/Geral MESA DE BAR 0 2.022 11/22/2017 - 22:01 Português
Poesia/Gótico CHEGA DE PROSA 1 1.859 11/21/2017 - 15:38 Português
Poesia/Meditação P E R D Ã O 2 5.086 11/19/2017 - 19:37 Português
Poesia/Meditação DECISÃO ACERTADA 0 1.651 11/19/2017 - 15:27 Português
Poesia/Meditação CAIXINHA DO TEMPO 0 1.255 11/17/2017 - 17:33 Português
Poesia/Amor LEVES E SOLTAS 0 1.356 11/14/2017 - 10:16 Português
Poesia/Geral RECORTES DE JORNAIS 0 1.394 11/12/2017 - 01:57 Português
Poesia/Geral N E F L I N S 0 1.330 10/29/2017 - 14:33 Português
Poesia/Geral A CHUVA 0 1.632 10/26/2017 - 14:53 Português
Prosas/Outros Troam Trovas Triviais 0 1.354 10/24/2017 - 21:44 Português
Poesia/Geral ANSIEDAD 0 1.305 10/22/2017 - 15:28 Espanhol
Poesia/Geral NUNCA HABRÁ SOMBRILLA 1 1.286 10/20/2017 - 22:23 Espanhol
Poesia/Geral TROAM TROVAS TRIVIAIS 2 1.175 10/19/2017 - 21:45 Português
Poesia/Meditação A MENINA DE NAZARÉ 0 1.514 10/19/2017 - 00:43 Português