CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SABEDORIA




Sabedoria

 

A minha cabeça é como um rio,

Que me põe sempre em desafio,

Quando tem a maré cheia,

Precisa de vazar para ficar meia,

Para depois tornar a encher,

Para enriquecer o meu saber.

 

E assim vai vazando e enchendo,

E eu aproveito vou escrevendo,

Para que nada se perca no tempo,

E seja levado pela força do vento,

Que vai servindo para recordação,

Enchendo o meu passado e o meu coração.

 

As ideias vão nascendo e saindo,

Umas ficam e outras vão caindo,

Nem todas as posso agarrar,

Nem tinha espaço para as guardar,

E assim, umas vão nascendo,

E outras vão morrendo.

 

Nem tudo o que nasce chega a vingar,

Não passam de semente nem chegam a brotar

Enquanto umas vão aparecendo e morrendo,

E outras vão nascendo e crescendo,

Sob as ordenas da mãe Natureza,

É assim que ela manda é uma certeza.

 

Assim são as minhas ideias que surgem,

Muitas não chegam à outra margem,

Umas ficam no princípio da ponte,

Porque morrem logo na fonte,

Enquanto outras têm pernas para andar,

E recebem ordens para marchar.

 

 

 

Tavira, 30 de Abril de 2011-Estêvão

Submited by

domingo, novembro 10, 2013 - 12:12

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 semanas 5 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7749

Comentários

imagem de José Custódio Estêvão

POEMA

Eu trocava o que sei por aquilo que ainda não sei.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pensamento 0 443 12/20/2019 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Pensamento 0 310 12/20/2019 - 17:13 Português
Poesia/Amor Três coisas 2 401 12/12/2019 - 18:00 Português
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 5 2.615 12/09/2019 - 13:23 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 1.045 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 1.320 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 1.891 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.516 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 2.102 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 2.488 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.956 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.872 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 1.159 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 1.422 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 1.276 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 2.561 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.910 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 1.582 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 1.069 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 1.693 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.185 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 1.355 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 1.190 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 1.452 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 2.343 12/21/2016 - 10:58 Português