CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sentimentos entorpecidos

Delírios de um amor que se foi
Na manhã gélida do tempo
Sem sorrisos
Sem adeus no olhar.
Queria que ficasse mais tempo
Mas, seus sonhos eram outros
Seus caminhos não mais os meus
E a tristeza já se tornou tão real.
Sentirei sua falta
Os sorrisos de esperança
As lágrimas de sofrimento
Que agora teimam em rolar de meus olhos.
Sou a estrela que se apagou
De um sonho que já não existe
Na esperança de seus olhos
Que não faz mais parte de mim.
Sentimentos entorpecidos
Confusos e atormentadores
Que tiram de mim a paz
De um amor que se apagou.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

terça-feira, junho 18, 2019 - 20:00

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 10 horas 50 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 7989

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Soterrados 0 111 02/03/2022 - 12:04 Português
Poesia/Desilusão Como um tiro certeiro 0 383 02/02/2022 - 19:50 Português
Poesia/Intervenção Quando o silêncio é necessário 0 276 02/01/2022 - 13:22 Português
Poesia/Amor O amor aparece do nada 0 174 01/31/2022 - 14:38 Português
Poesia/Amor Sonhos furiosos 0 200 01/27/2022 - 12:05 Português
Poesia/Amor Sob o encanto desse sublime olhar 0 267 01/26/2022 - 12:57 Português
Poesia/Meditação As marcas da vida 0 261 01/25/2022 - 20:04 Português
Poesia/Pensamentos Podemos não nos encontrar no tempo 0 243 01/25/2022 - 12:48 Português
Poesia/Amor A palavra é uma asa do silêncio 0 470 01/24/2022 - 16:25 Português
Poesia/Intervenção Gafanhotos 0 148 01/24/2022 - 12:38 Português
Poesia/Pensamentos Segredos ocultos profundamente 0 419 01/23/2022 - 13:19 Português
Poesia/Amor Sensibilidade 0 124 01/22/2022 - 12:14 Português
Poesia/Intervenção Alma selvagem 0 154 01/21/2022 - 14:29 Português
Poesia/Desilusão E o culpado sou eu 0 324 01/21/2022 - 13:01 Português
Poesia/Amor Sombras que sofrem 0 127 01/20/2022 - 12:31 Português
Poesia/Pensamentos O pensador 0 269 01/19/2022 - 12:19 Português
Poesia/Meditação Se o medo é real em mim 0 166 01/18/2022 - 10:04 Português
Poesia/Desilusão Não seja cega 0 141 01/17/2022 - 17:18 Português
Poesia/Meditação Aprendi que Deus gosta dos aflitos 0 461 01/16/2022 - 20:37 Português
Poesia/Fantasia Sob o olhar da coruja 0 520 01/15/2022 - 19:20 Português
Poesia/Amor Se eu não puder te esquecer 0 112 01/15/2022 - 12:51 Português
Poesia/Pensamentos A longa viagem de Stone Halls 0 336 01/14/2022 - 12:37 Português
Poesia/Pensamentos Dias de um futuro esquecido 0 339 01/13/2022 - 12:23 Português
Poesia/Amor Quando tudo parecia real 0 169 01/12/2022 - 17:46 Português
Poesia/Pensamentos O pensamento humano 0 290 01/11/2022 - 17:42 Português