CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SEREI SEREIA

Um dia
dançarei na chuva
como uma feliz borboleta
num jardim em plena primavera.

Caminharei no vento
como uma semente cheia de vida
em busca de um solo onde ser flor.

Brincarei na areia
como o tempo escreve
na minha pele a felicidade.

Tornarei reais
castelos e torres de amor.

Beijarei a brisa do mar.

Entrarei nua
nas águas dóceis da alma.

Serei sereia,
a cantar do luar a voz de amar.

Meus olhos serão brilhos de lua.

Cantarei na orla marítima noite dentro
indicando aos barcos desvios do abismo.

Serei farol dos amantes
para contornarem os rochedos da solidão.

Nadarei oceanos de lés a lés,
saboreando paixões famintas.

Serei o sossego
das multidões encalhadas
neste mundo profundo que é o mar.

Um dia serei o sol
iluminando tudo e todos.

 

 

Submited by

quarta-feira, outubro 12, 2011 - 22:43

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 23 semanas 1 dia
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de KeilaPatricia

Lindas

Lindas palavras...

Saudades...

 

Bjs na alma

imagem de Teresa Almeida

"Brincarei na areia como o

"Brincarei na areia
como o tempo escreve
na minha pele a felicidade"

 

O mundo anda tão tristonho que apetece ler palavras que nos inscrevam felicidade.

Gosto do teu alto astral!

Beijinhos amiga..

 

imagem de Henrique

Tal como tuas palavras cantam

Tal como tuas palavras

cantam a primavera de forma tão viva com que o teu ser

nos aflora com cores de amizade e perfumes de amor...

 

;-)

 

Bj

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.139 02/26/2018 - 12:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.540 07/01/2013 - 20:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.397 04/01/2013 - 08:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.550 03/30/2013 - 19:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.032 03/25/2013 - 17:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.167 03/16/2013 - 21:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.381 03/08/2013 - 20:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 881 03/08/2013 - 01:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.604 03/05/2013 - 21:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.294 03/05/2013 - 21:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.102 03/02/2013 - 00:09 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 862 02/11/2013 - 12:26 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.235 02/07/2013 - 14:34 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.601 01/14/2013 - 21:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.723 12/09/2012 - 17:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.442 12/08/2012 - 23:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.132 12/07/2012 - 15:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.764 12/06/2012 - 19:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.429 12/06/2012 - 18:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.423 12/04/2012 - 18:11 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.857 11/29/2012 - 19:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.260 11/26/2012 - 18:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.959 09/30/2012 - 21:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.837 09/25/2012 - 01:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.566 09/18/2012 - 21:32 Português