CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SOLIDÃO

 

Solidão

Na solidão da idade que o tempo pode dar,

As paredes já não têm ouvidos para escutar,

Apenas  os olhos vêem o vazio do tempo,

Já não se fala, pouco se usa o pensamento.

 

Na solidão apenas se ouve o ruído do pó caindo,

Que só ouve quem a tem apenas sentindo,

A tristeza que aperta cada vez mais a garganta,

E que os pés do chão já não se levantam.

 

A solidão não se escolhe, chega quando não se quer,

Chega quando o mundo só nos quer esquecer,

Vive-se morrendo, vivendo sempre com ela,

Não há lua, não há sol, nem sequer uma estrela.

 

Quem se deixa apanhar pela triste solidão,

Apenas vive sentindo apenas o coração,

Já não vê gente, apenas um gato amigo,

E com ele se fala e as paredes não têm ouvidos.

 

A solidão é o desprezo pela vida sem gostar,

De ter companhia nem sequer de falar,

Vai respirando e olhando para o nada,

Que tomou conta da mente sem dizer uma palavra.

 

 

Tavira, 18 de Junho de 2011-Estêvão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Submited by

quinta-feira, novembro 21, 2013 - 17:41

Poesia :

No votes yet

José Custódio Estêvão

imagem de José Custódio Estêvão
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 semanas 5 dias
Membro desde: 03/14/2012
Conteúdos:
Pontos: 7732

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of José Custódio Estêvão

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral AS ONDS DO MAR 2 553 02/24/2019 - 17:15 Português
Poesia/Fantasia O MEU NOME 0 530 12/14/2018 - 11:36 Português
Poesia/Meditação O TEMPO LEVA TUDO 0 491 09/28/2018 - 15:56 Português
Prosas/Pensamentos 34- O HOMEM 6 927 03/21/2018 - 16:04 Português
Poesia/Amor VERMELHO 0 1.091 09/04/2017 - 10:13 Português
Poesia/Amor UMA ORQUÍDEA PARA TI 0 1.059 07/17/2017 - 10:50 Português
Poesia/Meditação AS PEDRAS DOS RIOS 0 872 06/07/2017 - 09:54 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 34 0 1.140 05/24/2017 - 11:09 Português
Poesia/Amor AMO-TE COMO ÉS 0 1.216 05/24/2017 - 10:59 Português
Poesia/Meditação SABER SER FRELIZ 0 640 05/09/2017 - 16:51 Português
Poesia/Amizade TU 0 750 04/21/2017 - 11:52 Português
Poesia/Meditação PARA DE TE QUEIXAR 2 845 03/26/2017 - 20:34 Português
Poesia/Meditação PARA QUÊ MATAR? 5 834 03/24/2017 - 12:31 Português
Poesia/Meditação CHEGAR, VER E VENCER 0 1.168 03/13/2017 - 15:57 Português
Poesia/Amor BEIJOS TEUS 0 942 02/22/2017 - 11:12 Português
Poesia/Amor OLHANDO O MAR 0 718 02/08/2017 - 11:26 Português
Poesia/Amor SAUDADE 0 849 02/01/2017 - 11:29 Português
Poesia/Geral FRIO 0 728 01/26/2017 - 11:27 Português
Poesia/Geral FRIO 0 758 01/26/2017 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia AS ONDAS DO MAR 0 786 01/11/2017 - 10:49 Português
Poesia/Meditação AMANHECEU OUTRA VEZ 0 829 01/04/2017 - 12:22 Português
Poesia/Alegria RIR 0 1.679 12/21/2016 - 10:58 Português
Poesia/Amor O BARCO DOS NOSSOS SONHOS 1 1.491 12/15/2016 - 14:05 Português
Prosas/Pensamentos PENSAMENTOS 0 868 12/07/2016 - 12:16 Português
Poesia/Amor RECORDANDO 0 830 12/07/2016 - 12:01 Português