CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SONETO DO FRANGO MORTO

Por destino eu não fui ao estrangeiro
Em viagens às vezes aos pedaços
Os insumos tornaram-se escassos
E a fome me preservou por inteiro

Diferente de ser cachorro ou gato
Eu fui apenas um frango sem nome
Serviria só pra matar a fome
Em simples ou sofisticado prato

Numa vala durmo o eterno sono
Junto aos meus irmãos eu paguei o preço
Depois da exploração e o opróbrio

Sem o poder de dar dinheiro ao dono
Por quem nem ser lembrado eu mereço
Hoje sou prato de verme e micróbio

Sérgio da Silva Teixeira
Bagé/RS.

Submited by

terça-feira, maio 29, 2018 - 17:29

Poesia :

No votes yet

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 23 horas
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 327

Comentários

imagem de J. Thamiel

coment

Isto é que é talento.

imagem de Sérgio Teixeira

Obrigado pelo incentivo amigo

Obrigado pelo incentivo amigo J. Thamiel. Bondade sua.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostasícone de ordenação Views Last Post Língua
Poesia/Geral SERES RACIONAIS 0 812 01/25/2011 - 03:05 Português
Ministério da Poesia/Geral VANDALISMO EMPRESARIAL 0 656 01/26/2011 - 01:56 Português
Fotos/Rostos SÉRGIO TEIXEIRA 0 718 04/04/2011 - 13:22 Português
Poesia/Comédia VULCÃO ISLANDÊS-O CACHIMBO DA PAZ 0 631 05/24/2011 - 16:10 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA NA FRONTEIRA (VOYAGER 1) 0 547 08/08/2011 - 22:23 Português
Poesia/Geral LÁ ONDE MORO 0 324 04/12/2013 - 14:25 Português
Anúncios/Outros - Vende-se LIVROS DE MINHA AUTORIA 0 812 03/26/2014 - 18:22 Português
Poesia/Amor TUA PRESENÇA 0 309 08/04/2014 - 21:41 Português
Poesia/Geral OUTROS MUNDOS 0 389 03/07/2017 - 19:54 Português
Poesia/Geral O CICLO DO TEMPO 0 422 11/02/2017 - 14:57 Português
Poesia/Soneto SONETO DO FIM DOS TEMPOS 0 435 12/06/2017 - 01:05 Português
Poesia/Geral O JULGAMENTO 0 394 01/27/2018 - 00:41 Português
Poesia/Dedicado REINADOS SEM CRIMES 0 670 07/10/2018 - 17:49 Português
Poesia/Geral NOVAS E VELHAS NOVIDADES 0 341 07/26/2018 - 22:03 Português
Musica/Pop CONTRASTES DE INVERNO 0 959 08/28/2018 - 21:55 Português
Poesia/Geral A VIDA E O NADA 0 314 01/22/2019 - 08:20 Português
Poesia/Geral QUANDO O SILÊNCIO AUMENTA 0 168 03/27/2019 - 12:11 Português
Poesia/Geral MUITO ALÉM DO MÊS DE ABRIL 0 151 04/02/2019 - 00:10 Português
Poesia/Tristeza AS FLORES FIÉIS 0 186 04/12/2019 - 19:07 Português
Poesia/Geral OS SONS DO TEMPO 0 241 04/27/2019 - 16:12 Português
Poesia/Soneto SONETO AO EXPEDICIONÁRIO "SEU ZÉCA" 0 235 05/05/2019 - 14:35 Português
Poesia/Dedicado TIRADENTES (ESQUARTEJADOS) 1 543 04/25/2018 - 14:38 Português
Poesia/Geral SENTIMENTOS E CORES 1 177 08/19/2019 - 13:00 Português
Poesia/Geral UM ADEUS E... OBRIGADO 1 356 12/05/2017 - 16:27 Português
Poesia/Geral NATAL, FESTA COMERCIAL 1 400 12/23/2017 - 23:21 Português