CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sonho ser uma ventania e não sou

 

Você me deixou e pensa que é assim...

Rodopiou no meu intimo e foi para longe de mim

Provocou com os olhos todas as flores do meu jardim

Cobriu o meu corpo com a maciez do seu lençol

Todas as noites se converteram em manhãs de sol

Os meus olhos ficaram alucinados ao avistar o seu farol

Você me deixou e não disse mais nada

Fez do seu olhar a mais agradável emboscada

E eu me transformei por algumas horas na sua morada


Fez do meu silêncio um tremendo barulho

A sua ausência é como pisar em pedregulho

O tempo pouco importa; se é dezembro ou julho!


No lilás dos dias nada mais me encantou

Não sei qual o vento que te empurrou e te levou

Sonho ser uma ventania para ir ao teu encontro

e não sou!


Janete Sales Dany

Todos os direitos reservados
Poesia registrada

Licença Creative Commons
O trabalho Sonho ser uma ventania e não sou de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Submited by

domingo, fevereiro 23, 2014 - 12:16

Poesia :

No votes yet

Dany May

imagem de Dany May
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 5 anos 18 semanas
Membro desde: 11/01/2011
Conteúdos:
Pontos: 1271

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Dany May

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Amor Você pode escolher 0 716 06/23/2012 - 03:19 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Como consertar um coração partido? 0 876 06/21/2012 - 19:35 Português
Ministério da Poesia/Fantasia Um poema encantado 0 883 06/21/2012 - 19:22 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Você se foi... 0 970 06/21/2012 - 19:11 Português
Ministério da Poesia/Geral Nos olhos o medo! 0 518 06/20/2012 - 19:59 Português
Ministério da Poesia/Meditação O que uma palavra faz! 0 741 06/20/2012 - 19:43 Português
Ministério da Poesia/Geral "Mãos Certas!" 0 964 06/18/2012 - 02:58 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Oh terra ingrata! 0 879 06/18/2012 - 02:28 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Tomara que este post não seja uma lição para você! 0 1.269 06/16/2012 - 18:55 Português
Ministério da Poesia/Alegria A flor nasceu! 0 1.322 06/16/2012 - 18:31 Português
Ministério da Poesia/Tristeza A casa dos sonhos? 0 1.420 06/16/2012 - 18:11 Português
Ministério da Poesia/Fantasia "A minha verdade..." 0 959 06/15/2012 - 12:25 Português
Poesia/Tristeza Tão amável avó Maria... 0 695 06/15/2012 - 12:14 Português
Poesia/Tristeza Triste olhar 0 697 06/15/2012 - 12:09 Português
Poesia/Pensamentos Fiz do sonho realidade... 2 633 06/11/2012 - 17:43 Português
Poesia/Pensamentos Ter duvidas não é ter fé! 0 573 06/09/2012 - 13:58 Português
Poesia/Pensamentos As vezes... 0 550 06/09/2012 - 13:50 Português
Poesia/Desilusão Pensamento de um passarinho 3 1.036 06/08/2012 - 23:06 Português
Poesia/Fantasia Eu quis... 2 737 06/06/2012 - 10:03 Português
Poesia/Amor Eterno Amor 4 1.487 06/05/2012 - 19:02 Português
Poesia/Geral O que os loucos acham... 2 1.234 06/01/2012 - 21:52 Português
Poesia/Geral Destino 4 1.221 05/31/2012 - 23:09 Português
Poesia/Meditação FUGA... 6 1.189 05/31/2012 - 21:08 Português
Poesia/Meditação As nossas criações... 2 1.009 05/31/2012 - 16:25 Português
Poesia/Geral Frágil... 2 572 05/29/2012 - 21:52 Português