CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Soturno Silêncio

No meu soturno silêncio,
A escuridão de uma noite sem sonhos.
...É cansaço!

Já não riu.
nem choro...
Já não amo,
Não luto,
nem me iludo...

Eu sei...
É página que se vira,
É um tempo que se fecha

Não é encanto,
nem desencanto...
É simplesmente a noite
Onde pairo em memória

Sei que dia se fará outra vez,
quem serei então não sei.

Perdi o rosto,
Deixei fugir a alma
...Ou roubou-ma o tempo?

Sou agora
pálida luminescência
de momento que se desvanece

Não sei se estou triste
Nem se não estou,
Estou vazio,
silencioso,
... Simplesmente cansado.

Submited by

sexta-feira, maio 6, 2011 - 23:54

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

miguelmancellos

imagem de miguelmancellos
Offline
Título: Moderador Música
Última vez online: há 2 anos 18 semanas
Membro desde: 07/29/2010
Conteúdos:
Pontos: 372

Comentários

imagem de Henrique

Onde pairo em memória

Mais uma bela escolha do Ex!!!

Um poema do agora silencioso,

um momento que se fecha em talento,

o silêncio ganha novos sons.

 

Gostei bastante!!!

 

Abraço

imagem de Mralves

Fantástico! Adorei ler.

Fantástico! Adorei ler. Obrigado por este momento de leitura.

Maria

imagem de MarneDulinski

Soturno Silêncio

Lindo poema queixoso, mas neste silêncio soturno, provavelmente terás a resposta!

Na vida tudo passa, até o cansaço, a noite é rainha para recuperar nossos esgotamentos, com um bom sono reparador!

Meus parabéns,

Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of miguelmancellos

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Por Saber 2 951 06/11/2011 - 23:23 Português
Poesia/Geral Promessas vãs 1 687 05/25/2011 - 20:04 Português
Poesia/Geral O Pensamento 3 648 05/16/2011 - 20:26 Português
Poesia/Geral O Nada, O Absurdo e a Minha Ignorância 2 513 05/16/2011 - 20:20 Português
Prosas/Pensamentos A Arte e o Mundo 1 723 05/14/2011 - 23:05 Português
Poesia/Tristeza Hipocrisia Sem Nome 1 920 05/10/2011 - 02:08 Português
Prosas/Pensamentos UMA PEQUENA TRAVESSURA,,, 0 674 05/09/2011 - 22:59 Português
Poesia/Geral Sentes??? 2 809 05/08/2011 - 19:32 Português
Poesia/Geral Soturno Silêncio 3 1.277 05/08/2011 - 02:31 Português
Poesia/Geral Loucura??? 1 775 05/07/2011 - 16:29 Português
Prosas/Pensamentos O Egoísmo e a Armadilha dos Conceitos 0 722 05/07/2011 - 12:45 Português
Poesia/Geral Quando Partiste 6 1.003 04/29/2011 - 12:00 Português
Prosas/Pensamentos Se temos o poder de criar, se nos fazem felizes o céu e a eternidade... Porque não? 1 1.038 04/22/2011 - 04:11 Português
Poesia/Geral bora fazer daquilo uma TERTÚLIA 1 1.006 04/21/2011 - 02:06 Português
Prosas/Pensamentos Pensando o "ser homem" 2 817 04/18/2011 - 17:01 Português
Prosas/Pensamentos Se Não Fores Tu a Acreditar em Ti, Quem o Fará? 0 1.152 04/11/2011 - 20:43 Português
Poesia/Geral Digo..! 2 892 04/08/2011 - 11:29 Português
Poesia/Geral Há Palavras Assim 6 759 03/28/2011 - 17:50 Português
Videos/Outros O amigo verdadeiro está sempre LÁ!!! Ver em Full screan. 0 1.585 03/28/2011 - 17:32 Português
Poesia/Geral O Valor, as Coisas e… 2 794 03/11/2011 - 22:02 Português
Poesia/Geral Difícil Dizer 1 625 03/09/2011 - 01:47 Português
Poesia/Geral Distância 1 872 03/05/2011 - 00:02 Português
Poesia/Geral Até Quando? 1 730 03/03/2011 - 22:45 Português
Poesia/Geral Gorada Melancolia 0 793 02/28/2011 - 20:53 Português
Poesia/Geral Solidão 0 515 02/28/2011 - 20:21 Português