CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"SSSS" DESASSISADA

A poesia é invenção dos pássaros,
do amor, da luz, das borboletas.
Ela é sem função, e nascitura,
que não carece de papel nem letras.
É filha de um louco sem rumo em aventura.

A poesia é uma libélula demente.
Inseto voador, poético e bizarro,
que numa tentativa de suicídio fremente,
se arremessa no reflexo do capô do carro.

A poesia é tola, desassisada,
Ela é o barulho chiante da chaleira.
É uva da vinha carregada,
e o espinho perfurante da roseira.

Ela é exigente e mimada tal criança,
que fica enlevada, entretida ou desatenta,
que brinca, que xinga, que pula, que dança,
e que faz de um desejo inútil uma tormenta.

Ela é reflexo da infeliz demência,
que desnuda no papel sua decência.
Ela é limpa como um espelho transparente,
onde é impossível se enxergar de frente.

Ela é útil, é vital e suja como o barro,
mas, a semente aguarda paciente se tornar um jarro.

jthamiel
30.07.16
22:53h
poesia só

Submited by

domingo, julho 31, 2016 - 02:11

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Online
Título: Membro
Última vez online: há 1 hora 2 minutos
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 2596

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado O BOM POETA - (Homenagem) 0 80 02/07/2019 - 16:38 Português
Poesia/Geral A CALMA DA GRANDE CIDADE 0 215 02/05/2019 - 14:52 Português
Poesia/Geral ÁGUA DA MORINGA 0 116 02/02/2019 - 11:50 Português
Poesia/Geral NUVEM NEGRA 0 138 01/27/2019 - 14:46 Português
Poesia/Dedicado CADÊ OS POETAS? 0 146 01/21/2019 - 16:43 Português
Poesia/Geral ILUSÃO LETAL 0 166 01/15/2019 - 17:32 Português
Poesia/Intervenção AUTENTICIDADE 0 178 01/15/2019 - 16:00 Português
Poesia/Intervenção POEMA... PRA QUÊ? 0 139 01/14/2019 - 12:40 Português
Poesia/Geral LEMBRANÇAS DE PIRACAIA 0 130 01/11/2019 - 14:43 Português
Poesia/Dedicado 590 DEGRAUS - Acesso ao Cruzeiro de Piracaia 0 159 01/05/2019 - 13:51 Português
Poesia/Geral SOBRE MIM, NÃO IRIA DIZER NADA 0 192 12/27/2018 - 16:45 Português
Poesia/Amor H E L O I S A 1 217 12/20/2018 - 15:32 Português
Poesia/Fantasia SEMIDEUS 0 227 12/17/2018 - 10:41 Português
Poesia/Geral M É R I T O 0 189 12/07/2018 - 10:54 Português
Poesia/Geral CASTRO ALVES, O POETA INFANTE 0 230 11/30/2018 - 10:49 Português
Poesia/Meditação REFLETINDO COM A GALINHA 0 272 11/29/2018 - 15:02 Português
Poesia/Geral P R I S Ã O 3 243 11/25/2018 - 19:22 Português
Poesia/Meditação A T R I L H A 0 206 11/23/2018 - 17:24 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA 2 247 11/20/2018 - 13:33 Português
Poesia/Geral MADORNA 0 329 11/06/2018 - 12:22 Português
Poesia/Geral FORMIGAS 2 333 10/29/2018 - 19:58 Português
Poesia/Gótico O RITUAL NEGRO 0 369 10/18/2018 - 16:01 Português
Poesia/Geral Ê X T A S E 0 323 10/18/2018 - 13:59 Português
Poesia/Meditação QUASE CONTRITO 0 491 10/15/2018 - 13:19 Português
Poesia/Geral Y EL TIEMPO PASÓ 0 334 09/26/2018 - 16:19 Português