CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Suburbano de cor!"

Quando versos, se tornarem religião!
E a carne, se tornar insatisfação!
Serei poesia, prosas e versos!
Serei o inverso do que esperavam!
Serei real tal qual uma rosa!
Quanto à poesia, se tornar pele!
Não procurarei cobertor!
Nem tampouco calor que me aqueça!
Menos ainda motivos de arrepios!
Quando as palavras, se tornarem silêncio!
Gritarei ao mundo tudo que aprendi!
Pincharei os muros da discórdia, fazendo assim cessar as guerras!
E sem medo da morte, cantar!
Entoando tudo aquilo que for proibido!
Fazer melodias, mesmos com os riscos!
Já mais temerei!
E se preciso for, darei meu sangue e corpo como exemplo!
Assim como outrora fora feito!
Sem esperar reconhecimento!
E se no momento de minha morte, me fizerem pedir clemência!
Não o farei, pois mais forte é minha teimosia!
Mais bela, minha coragem!
E mais certo, meu conhecimento!
Pois nem tudo que eu fizer, escrever ou falar mudará as mentes hipócritas!
Nem os fará mudar seus pensamentos insanos e nem sua sede de matar!
Mas, contudo, não será real!
Ou até mesmo fará diferença!
Pois sou apenas um suburbano de cor!

Verton Brandino
Colatina ES
22/03/2017

Submited by

sexta-feira, outubro 13, 2017 - 14:44

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 41 semanas
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 986

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos "Psicose!" 0 666 03/07/2022 - 22:44 Português
Poesia/Pensamentos "Corruptos de nós mesmos!" 0 790 02/28/2022 - 23:38 Português
Poesia/Geral "Poema da Madrugada!" 0 839 09/08/2021 - 15:13 Português
Poesia/Geral "Reflexão de uma certa quinta!" 0 867 06/10/2021 - 00:11 Português
Poesia/Geral "Amanhã pode ser tarde!" 0 999 05/19/2021 - 23:25 Português
Poesia/Fantasia "Incógnita na tempestade!" 0 1.104 05/17/2021 - 12:53 Português
Poesia/Dedicado "Quem sabe,formiga?" 0 948 05/17/2021 - 12:48 Português
Poesia/Dedicado "Regando a felicidade!" 0 917 05/01/2021 - 10:35 Português
Poesia/Fantasia "Ex-calada! 0 829 04/08/2021 - 11:18 Português
Poesia/Geral "Passa tempo!" 2 1.170 04/08/2021 - 11:17 Português
Poesia/Desilusão "Com você!" 0 803 04/04/2021 - 13:00 Português
Poesia/Geral "Versos em Papel!" 2 1.056 04/04/2021 - 12:27 Português
Poesia/Desilusão "Partida!" 0 857 03/13/2021 - 12:03 Português
Poesia/Geral "Foi sorte!" 0 927 03/02/2021 - 19:20 Português
Poesia/Geral "Ter!" 0 1.418 02/21/2021 - 11:23 Português
Poesia/Fantasia "O dia em que morri!" 0 1.410 02/19/2021 - 17:16 Português
Poesia/Fantasia "Além!" 2 1.612 02/13/2021 - 01:34 Português
Poesia/Pensamentos "Quem sabe!" 0 844 01/31/2021 - 01:52 Português
Poesia/Fantasia "Onde estão?" 2 1.061 01/31/2021 - 01:46 Português
Poesia/Geral "Indecisão!" 2 880 01/31/2021 - 01:43 Português
Poesia/Geral "Anjo bom!" 0 935 01/25/2021 - 10:57 Português
Poesia/Geral "Anjo sem asas!" 0 1.010 01/13/2021 - 19:37 Português
Poesia/Pensamentos "Vai entender!" 0 965 01/08/2021 - 18:54 Português
Poesia/Geral "MENSAGEM DE RÉVEILLON!" 0 945 12/31/2020 - 10:35 Português
Poesia/Dedicado "Doce rio!" 0 1.105 11/20/2020 - 01:40 Português