CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

TEMPO

Quem foi que disse ao tempo
que eu tinha tempo
que o tempo voltasse a sorrir?

Para tudo temos um tempo,
para amar, brincar e viver.

Esqueci do tempo,
daquele tempo que vivi.

Hoje digo tempo,
tempo faz bom tempo.

Quero viver o que não vivi,
tenho metas definidas
para mostrar ao tempo
que me lembro de mim.

Submited by

quinta-feira, abril 8, 2010 - 02:02

Poesia :

No votes yet

mariamateus

imagem de mariamateus
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 28 semanas 5 dias
Membro desde: 02/24/2009
Conteúdos:
Pontos: 2987

Comentários

imagem de Dianinha

Re: TEMPO

As vezes o grande problema é que nos esquecemos de nós... Mas temos que mudar isso, e se mudarmos o tempo corre a nosso favor... :-)

Gostei Maria!
Beijo enorme...

imagem de Henrique

Re: TEMPO

Sempre achei o tempo um puzzle, e na verdade juntas aqui as peças necessárias para o tempo ser o suficiente preciso para vivermos lembrados de nós seres emocionais...

Um sorriso poético, um pensamento através do infinito sentir...

beijinho

:-)

imagem de mariacarla

Re: TEMPO

Esse tempo em que precisamos de mostrar ao tempo, que não temos muito tempo para o tempo!

Beijinho

Carla

imagem de nunomarques

Re: TEMPO

Belo poema. Tempo que é tempo não se esquece de ninguém.

Gostei muito

Abraço
Nuno

imagem de LilaMarques

Re: TEMPO

MariaMateus,

Que bom, amiga, que amas assim a vida!
"Quero viver o que não vivi,
tenho metas definidas
para mostrar ao tempo
que me lembro de mim."

É contagiante o teu "alto astral"!!!

Beijo grande.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of mariamateus

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor MORRO ENTRE PALAVRAS QUE NADA TE DIZEM 1 1.160 02/26/2018 - 13:29 Português
Poesia/Dedicado RECORDAR-TE É UMA CONSTANTE 2 1.587 07/01/2013 - 21:10 Português
Poesia/Tristeza OLHO-ME 1 1.458 04/01/2013 - 09:37 Português
Poesia/Desilusão RODOPIAM COMO PEÕES 0 1.659 03/30/2013 - 20:55 Português
Poesia/Tristeza LÁGRIMAS 1 1.091 03/25/2013 - 18:15 Português
Poesia/Tristeza EM SAUDADE ME DERRAMO PELO TEMPO 1 1.211 03/16/2013 - 22:59 Português
Poesia/Desilusão QUEBRADA 1 1.466 03/08/2013 - 21:35 Português
Poesia/Tristeza PERDIDA 0 897 03/08/2013 - 02:12 Português
Poesia/Tristeza NOITE ADENTRO 4 1.713 03/05/2013 - 22:05 Português
Poesia/Tristeza NADA ME CONFORTA 1 1.343 03/05/2013 - 22:02 Português
Poesia/Tristeza LUAR QUE ABRAÇA MEUS OMBROS 0 1.128 03/02/2013 - 01:09 Português
Poesia/Tristeza CONTADAS DORES … 0 898 02/11/2013 - 13:26 Português
Poesia/Amor TEU BEIJO EM MIM 0 1.340 02/07/2013 - 15:34 Português
Poesia/Tristeza SAUDADES QUE ME CERRAM OS OLHOS 2 1.671 01/14/2013 - 22:11 Português
Poesia/Amor OLHOS PARADOS 0 1.766 12/09/2012 - 18:03 Português
Poesia/Paixão LUA MINHA 1 1.516 12/09/2012 - 00:35 Português
Poesia/Amor OLHA-ME NOS OLHOS 0 1.198 12/07/2012 - 16:59 Português
Poesia/Amor MAIS DO QUE O SOL ESCONDE A NOITE 0 1.814 12/06/2012 - 20:35 Português
Poesia/Meditação SILENCIOSA NOITE 2 1.459 12/06/2012 - 19:30 Português
Poesia/Tristeza ENTRE AS PAREDES DO MEU QUARTO 0 1.477 12/04/2012 - 19:11 Português
Poesia/Meditação AO SABOR DO TEMPO 0 1.897 11/29/2012 - 20:41 Português
Poesia/Amor BEIJO RECHEADO DE DESEJO 1 1.289 11/26/2012 - 19:50 Português
Poesia/Tristeza DESSE MAR DE SAUDADE 1 1.987 09/30/2012 - 22:33 Português
Poesia/Meditação ESSA QUE DORME AO COLO DA NOITE 1 1.925 09/25/2012 - 02:47 Português
Poesia/Meditação FRÁGEIS DEDOS 1 1.596 09/18/2012 - 22:32 Português