CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Tenho saudades de... Cardigos!

Recordo com saudade os meu Natais de infância …
Tanta inocência
Tanta Alegria
Tanto calor no coração
Aquela roupa só para a noite de Natal
Juntávamo-nos todos na casa do Avô
Era Natal!
Éramos toda uma Família!
Não só naquela noite
Mas durante todo o ano
Jantávamos em família
Esperávamos o Pai Natal
E enquanto esperávamos,brincávamos, riamos, cantávamos
Corríamos em romaria para a praça velha
Onde nos esperava a fogueira grande da praça fria que nos aquecia
Juntavam-se velhos e novos em volta da velha fogueira…
Era Natal em Cardigos
E no meu coração…
Recordo que havia um ou dois homens
Que se atreviam a saltar a fogueira... que loucura!
Ouviam-se ahhss!E batiam-se palmas misturadas com gargalhadas
Ou eu era muito pequenina
Ou a fogueira era mesmo muito grande…
Mas era Natal e todos riamos e o calor humano era tão forte…
Antes das 12 badaladas do sino grande da IgrejaVelha
Já estávamos em casa
Com gorros e cascois para irmos todos a Missa do Galo
E quando chegávamos a casa o Pai Natal já tinha por lá passado
Era a loucura de todos nós, Pais, Tios, Avós, Primos,Tios avós, Irmãos
No fundo a Família.
As famosas prendas, poucas mas dadas com(perdoem-me se estou errada) muito carinho
Com amor e sem hipocrisias, porque hoje o Natal já não é Natal.
Não um Natal como o de ontem
Hoje o Natal é todo fabricado
Onde a consoada é fabricada
As prendas tiram lugar ao Amor
Onde a hipocrisia é Rainha
E o dinheiro é Rei por uma noite
O Amor …esse...perdeu-se no tempo…
Algures num qualquer centro comercial…
Queimado talvez numa fogueira que já não arde
Talvez as Famílias ainda se encontrem
Mas será que vivem um Natal Feliz?
Eu espero que sim.
Pois para mim, há muito que não há Natal…
Há muito que deixei de parte essa hipocrisia…
O Natal está dentro do meu coração
As prendas que dou são dadas com Amor e de coração
Mas não sei viver com esta hipocrisia a que hoje chamam Natal.

Seravat

Submited by

segunda-feira, fevereiro 8, 2010 - 11:06

Poesia :

No votes yet

Seravat

imagem de Seravat
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 anos 47 semanas
Membro desde: 01/27/2010
Conteúdos:
Pontos: 234

Comentários

imagem de mariacarla

Re: Tenho saudades de... Cardigos!

Foi bom trazeres tais recordações. Quando eu era mais nova, passávamos o Natal assim como tu: O jantar, a enorme fogueira junto à igreja que durava até ao dia seguinte, a missa do galo (quando havia), mas sobretudo a reunião entre todos. Apenas ainda não existia o pai natal, e quem nos entregava as prendas era sempre o Menino Jesus. Mas para isso deixávamos o sapatinho junto à lareira e na manhã de 25, dia de Natal, encontrávamos os presentes nos sapatinhos. Depois foi a vez do pai natal entrar pelas casas, e quando me perguntam o que me trouxe este, eu respondo sempre: nada! Actualmente, tentamos que o pai natal fique lá fora e sentamos à mesa com o Menino Jesus, de novo.
Beijos e que seja sempre Natal.

Carla

imagem de danyfilipa

Re: Tenho saudades de... Cardigos!

Adorei este seu desabafo, este seu questionar, esta sua partilha...

"Talvez as Famílias ainda se encontrem
Mas será que vivem um Natal Feliz?" - será?!

"Pois para mim, há muito que não há Natal…" - para mim tambem...

"O Natal está dentro do meu coração
As prendas que dou são dadas com Amor e de coração" - as minhas tambem ;-)

beijo terno

imagem de MarneDulinski

Re: Tenho saudades de... Cardigos!

LINDO, GOSTEI DEMAIS DE SEU POEMA!

O Natal está dentro do meu coração
As prendas que dou são dadas com Amor e de coração
Mas não sei viver com esta hipocrisia a que hoje chamam Natal.

Meus parabéns,
Marne

imagem de apsferreira

Re: Tenho saudades de... Cardigos!

Vivi, estes teus versos,
como se tivesse vivendo, um,
desses, Natais. Muito belo.
Gostei, muito.
:-)

imagem de Mefistus

Re: Tenho saudades de... Cardigos!

natal para mim é sempre especial.
Sobretudo um lindo fragamento de minha infancia.
recordei tanto aqui!

Gostei!

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Seravat

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amizade Nunca Deixes... 0 405 01/16/2015 - 16:39 Português
Poesia/Amor QUERO VIVER 1 537 03/12/2012 - 15:24 Português
Fotos/Gentes e Locais Alegria 0 553 11/27/2011 - 19:13 Português
Fotos/Pessoas Limites 0 550 11/27/2011 - 19:10 Português
Poesia/Tristeza Porque chora um Poeta? (fado) 0 423 11/27/2011 - 14:06 Português
Poesia/Dedicado FADO 0 524 11/27/2011 - 13:36 Português
Poesia/Amizade Nunca deixes 2 1.189 12/19/2010 - 05:23 Português
Poesia/Pensamentos Se eu pudesse 0 1.284 12/19/2010 - 02:01 Português
Videos/Outros Capturar o vento... 0 1.626 12/19/2010 - 00:12 Português
Poesia/Amor Deixa-me entrar 1 900 12/17/2010 - 21:57 Português
Poesia/Amor Amores e desamores... 2 996 12/17/2010 - 12:08 Português
Poesia/Geral Novo WAF 0 1.046 12/17/2010 - 10:11 Português
Fotos/ - 2869 0 1.035 11/23/2010 - 23:52 Português
Fotos/ - 2851 0 1.009 11/23/2010 - 23:52 Português
Poesia/Aforismo Encontrei em ti... 0 881 11/18/2010 - 14:28 Português
Poesia/Amor Quero-te! 6 635 04/01/2010 - 13:56 Português
Poesia/Dedicado Sim sou Eu...talvez diferente... 9 482 02/19/2010 - 21:07 Português
Poesia/Amor Jogos... 9 456 02/19/2010 - 15:09 Português
Poesia/Tristeza Por ti... 5 435 02/19/2010 - 13:25 Português
Poesia/Amor Amores Perdidos 7 480 02/11/2010 - 21:16 Português
Poesia/Dedicado Amiga Hisalena 7 526 02/11/2010 - 00:44 Português
Poesia/Tristeza Hoje perdi-me no tempo... 9 529 02/11/2010 - 00:38 Português
Poesia/Meditação Tenho saudades de... Cardigos! 5 657 02/08/2010 - 14:36 Português
Poesia/Tristeza Lágrimas de despedida.. 6 434 02/04/2010 - 22:07 Português
Poesia/Amor Esqueci-me de ti 9 693 02/04/2010 - 22:01 Português